Carnes magras: saiba quais são os cortes mais saudáveis para incluir no cardápio

Saiba quais são os cortes mais indicados para comer carne sem sair da dieta
Por Redação
Saiba quais são os cortes menos calóricos das carnes vermelhas e brancas (foto/Thinkstock)
Saiba quais são os cortes menos calóricos das carnes vermelhas e brancas (foto/Thinkstock)

Embora muitas pessoas pensem que as carnes de origem animal são necessariamente calóricas, engana-se quem pensa que comer carne faz mal. O alimento é fonte de minerais, vitaminas e outros nutrientes essenciais para o funcionamento do organismo, como ferro, zinco, sobre e selênio. 

Leia também:
Carne vermelha: mocinha ou vilã? 
Como comprar carne: dicas para não errar no supermercado 
Ceia de Natal: o que comer e o que evitar

Além disso, mesmo para quem quer emagrecer, a carne tem benefícios: rico em proteínas, o alimento é importante para a construção de músculos, para o fortalecimento e recuperação das fibras musculares. Para não sair da dieta, a dica é escolher os cortes mais magros de cada tipo de carne. 

Carnes vermelhas mais magras

Entre os cortes menos calóricos de carne vermelha, destacam-se o patinho, maminha, lagarto, filé mignon, coxão mole e coxão duro. Já entre as mais gordurosas – e que portanto deve ser consumidas de maneira restrita – estão o acém, alcatra, cupim, picanha, costela e fraldinha.

Dica: na hora de preparar o alimento, evite fritá-lo em óleo ou acrescentar muito sal ou temperos prontos. Além disso, procure retirar toda a gordura aparente da carne antes de consumir.

Carnes suínas mais magras

Os cortes suínos menos gordurosos são o lombo, filé mignon, patinho, lagarto, coxão duro e coxão mole. Por outro lado, o perfil e a costela são os mais calóricos e precisam ser evitados. Os embutidos, como a linguiça e o toucinho também devem ser consumidos moderadamente, já que além de gordurosos, são ricos em sódio.

Carnes brancas mais magras

As carnes de aves, no geral, são as mais magras - desde que você retire toda a pele antes de consumir. Para quem gosta de peixes, os mais indicados para não escorregar na dieta são badejo. Corvina, dourado, carpa, pescado, linguado e truta. Outras espécies, como salmão, sardinha, anchova e atum têm maior índice de gorduras que, no entanto, são saudáveis e trazem benefícios à saúde do coração especialmente.

 

Matérias Recomendadas