Vôlei de praia "trinca" barriga e bumbum. Jogadoras falam dos benefícios

Dupla Maria Clara e Carol explica como o esporte atua no corpo feminino
Por Mariana Bueno
Vôlei de praia "trinca" barriga e bumbum. Jogadoras falam dos benefícios

Basta observar os corpos das jogadoras de vôlei de praia e é possível perceber que o esporte é aliado da boa forma. O esporte praticado na areia trabalha diversos músculos, como braços, ombros e costas, ao jogar a bola, e ajuda a definir principalmente o abdômem, as coxas e o bumbum, exigidos durante todo o jogo com saltos, agachamentos e deslocamentos rápidos na areia, que é mais difícil.

Leia também:
Exercícios ao ar livre fazem bem e são ideais para o verão
Correr na esteira ou na rua? O que é melhor?
Correr e pedalar melhora o desempenho físico

Além disso, jogar vôlei de praia ajuda a desenvolver reflexos, flexibilidade, impulsão, força, concentração, coordenação motora, noção espacial e melhora a capacidade cardiorrespiratória e tonicidade muscular.

A dupla brasileira formada pelas irmãs Maria Clara e Carol, que vai disputar o torneio Rainha da Praia, nos dias 29 e 30 de março, em Ipanema, se destaca não só pelo bom desempenho, mas também pelo corpo sarado. Filhas da veterana Isabel, que brilhou no vôlei de quadra, elas falam sobre os benefícios da prática do esporte e de que forma ele atua no corpo feminino.

Benefícios do vôlei de praia

Para Maria Clara, uma das grandes vantagens é que o volêi de praia trabalha justamente as partes que as mulheres consideram mais difíceis de definir. “Coxa e glúteo e abdômen são as partes do corpo que acabam se destacando em uma jogadora do vôlei de praia. Fica mais visível que são malhados e definidos. E são as piores partes para qualquer mulher, as que mais se sofre para definir e secar

. A gente trabalha muito essas partes, pois precisamos de muita estabilidade nessas áreas para aguentar o ritmo dos jogos. Além do próprio vôlei, trabalhamos na academia principalmente essas áreas", conta.

Já Carol diz que sempre gostou dos exercícios ao ar livre. “Eu gosto de me cuidar. Não faço só porque sou atleta, isso é uma referência que eu tenho da minha mãe. Ela sempre foi assim, gosta de correr na praia, dar um mergulho. Assim como ela, nós também não deixamos de comer determinadas coisas que gosta, mas que não são tão saudáveis, um doce talvez, não somos neuróticas", revela Carol.

Cuidados com a pele

Se por um lado o vôlei de praia define o corpo, por outro ele pode ser um vilão para a pele, já que a exposição ao sol é constante. Por isso a proteção solar da pele é fundamental.  "Muita gente se engana achando que a gente fica bronzeada, que é bonito. Mas a verdade é que o sol faz mal, todo mundo sabe. Então o nosso cuidado é sempre redobrado, já que ficamos o tempo inteiro em exposição", explica Maria Clara. "Eu me cuido muito, pois sei que traz malefícios. Não gosto de estar bronzeada, prefiro a minha pele mais branquinha, então tomo muito cuidado”, completa Carol.

Matérias Recomendadas