Psicóloga dá dicas para apimentar o sexo em casamentos mornos

Conversar sobre o que gosta e tentar novidades é importante
Por Mariana Bueno
Psicóloga dá dicas para apimentar o sexo em casamentos mornos

Com a correria do dia a dia e os inúmeros afazeres, a mulher, muitas vezes, acaba deixando a vida sexual em segundo plano e, com isso, pode prejudicar o relacionamento. "Não acredito que seja por falta de desejo, mas sim por tempo hábil e energia que muitas mulheres deixam o sexo em segundo plano. Com tantas responsabilidades, o sexo fica para o fim da noite, depois de ter trabalhado 8 horas, passado no mercado, cuidado dos filhos, etc. E depois das 11 h da noite toma um banho e, se não estiver exausta, quer ter um tempo para e-mails pessoais ou algo que deixou de fazer e, aí sim, o sexo", diz Mariana Yamada, psicóloga especialista em relacionamentos da agência Lunch 42.

Leia também:

Conheça as 7 posições sexuais que mais estimulam o prazer

Como saber se ele está gostando do sexo? Decifre os sinais

Aplicativos de celular podem ajudar a colocar fogo na relação

A principal reclamação dos homens é em relação à frequência, porque, no geral, eles veem o sexo de uma forma mais cotidiana do que as mulheres. Especialmente em situações em que o relacionamento é longo, propor algumas formas de apimentar a relação é fundamental. "O segredo é apimentar a relação na medida, conhecendo bem o seu parceiro e entendendo o que ele toparia ou não", afirma.

Veja algumas dicas da especialista para aumentar o apetite sexual em longos relacionamentos:

1. Converse sobre o tema. Tem casais juntos há vinte anos que apenas fazem sexo mas não conversam a respeito. Fale do que gosta mais, do que não gosta. Traga o tema para a conversa.

2. Faça do sexo uma ocasião especial. Ter apenas transas rotineiras é maçante. Combine um dia de irem ao motel, transem de forma inesperada enquanto o filho está fora de casa, façam sexo no chuveiro. Façam coisas diferentes.

3. Tentem novas posições ou brinquedos para a relação. As mulheres podem investir em lingeries sensuais ou até cursos de strip-tease.

4. Tirem um dia para um day-spa juntos; aumenta o clima romântico e a intimidade do casal.

5. Mantenha sua identidade e se cuide individualmente. O parceiro vai perdendo o interesse na medida em que o outro se acomoda e deixa de se cuidar. Sinta-se atraente para que possa ser sempre desejado.

6. Procure profissionais de saúde e especialistas caso tenha alguma disfunção. Não há idade para sexo e todos podem transar e ter prazer.

7. Conheça melhor a si mesmo. A masturbação é a melhor forma de saber o que lhe dá prazer.

Matérias Recomendadas