Vire uma gata selvagem na cama!

Coloque a timidez de lado e libere a mulher fatal que existe em você. A intenção é uma só: deixar o moço doido de tanto prazer Por Simone Serpa       Prepare-se Talvez você esteja se perguntando: “Afinal de contas, o que é sexo selvagem? Uma transa violenta? Louca?”. Não necessariamente! “Trata-se de uma relação muito instintiva, que não está [...]
Por Redação

Coloque a timidez de lado e libere a mulher fatal que existe em você. A intenção é uma só: deixar o moço doido de tanto prazer

Por Simone Serpa

 

sexo, prazer

 

 

Prepare-se

Talvez você esteja se perguntando: "Afinal de contas, o que é sexo selvagem? Uma transa violenta? Louca?". Não necessariamente! "Trata-se de uma relação muito instintiva, que não está regulada pelas normas sociais, que acontece sem nenhuma trava e tem como principal objetivo a busca do prazer com muito tesão", explica a psicóloga, educadora e terapeuta sexual Ana Cristina Canosa (SP). Se você sempre quis fazer algo menos convencional, mas não sabe exatamente por onde começar, a especialista sugere o seguinte:

» Pensar em alguma cena de sexo, colocando-se no papel da protagonista, é um excelente ponto de partida. Depois de se imaginar totalmente liberada nessa situação, você estará pronta para realizá-la fazendo adaptações para a vida real, é claro.

» O segundo passo é ir visitar uma sex shop. Lá você encontrará um universo cheio de possibilidades que vão ajudá-la a pôr em prática qualquer experiência que já tenha planejado.

» Para surpreender a si mesma e a seu parceiro, permita-se sensações nunca antes experimentadas. Mas lembre-se sempre de que o limite é o prazer de ambos e quem não estiver curtindo o tipo de relação deve imediatamente avisar ao outro.

» Se você é acanhada, precisará dar o sinal verde para que seu amado entenda o que pode fazer naquele momento. Caso o tímido seja ele, respeite o tempo que vai precisar para entrar na brincadeira.

Escolha uma idéia (ou várias!)

 

TRANSAR EM LOCAL PÚBLICO

Essa experiência aguça os instintos de muitos casais. Dá aquela sensação de perigo, de fazer algo proibido, muito excitante para várias pessoas, ainda mais aquelas que têm veia exibicionista. O figurino ideal para essa aventura é uma saia sem calcinha por baixo. Se fizer questão de usar lingerie, escolha um modelo com abertura embaixo. Vários locais podem servir de cenário para vocês. Por exemplo, uma boate pequena ou uma casa noturna dessas bem escuras onde esteja rolando um show intimista sem muita luz nem gente em excesso. Procure um cantinho, perto do bar, com aqueles bancos altos. Acomode seu par e converse, colocando a mão na perna dele. Vire-se para pedir um drinque e aproveite para se encostar nele. Vá provocando até o rapaz chegar junto, passar a mão por todo o seu corpo e perceber que você está sem calcinha e pronta para transar ali mesmo. Então fique de costas e sente-se no colo do moço. Ele nunca mais vai esquecer essa noite! A personal sex trainer Fátima Moura (SP) dá outra sugestão: "Se acharem que o lugar não é apropriado, que tal transar na escada de incêndio da saída do cinema ou do prédio, claro que num horário de pouco  movimento - no meio do filme ou de madrugada?"

 

Matérias Recomendadas