Festa junina sem sair da dieta

Nutricionista explica sobre os alimentos tradicionais da época, seus benefícios e o que é melhor evitar
Por Redação
Divulgação
Divulgação

Por Redação

Em época de Festas Juninas fica difícil se entender com a balança. Isso porque as comidas e bebidas típicas são ultra calóricas como maçã do amor, bolo de aipim com coco e quentão. Para a aproveitar tudo que as quermesses têm a oferecer sem sair da dieta, Roberta Silva, nutricionista do Cyber Diet, explica como é possível aproveitar a festa de maneira saudável sem ganhar peso.

Por conta da diversidade de alimentos que são consumidos nessas festas, é normal ter vontade de comer de tudo; É preciso ficar atento ao exagero, à qualidade dos produtos e dar preferência aos mais naturais e frescos", explica. Além disso, é preciso tomar alguns cuidados antes do consumo: "Para evitar a contaminação alimentar, é importante verificar em produtos industrializados a validade e integridade da embalagem. Em preparações caseiras, é preciso observar a higiene do local, a aparência da comida e a limpeza de quem serve o alimento. Além disso, os alimentos devem ficar cobertos para evitar que bactérias se alojem", salienta Roberta.

A nutricionista lista ainda alimentos que fazem bem à saúde:

Vinho quente - Possui propriedades funcionais para o organismo e se consumido com moderação pode proteger o coração contra doenças vasculares, além de aumentar as taxas de HDL (colesterol bom) no sangue.
Milho - Alimento de fácil digestão que possui alto valor nutritivo e contém vitamina C, A, folato, ferro e fibras. Está presente em diversas receitas como pipoca, canjica, bolo, sucos etc.
Batata doce - Carboidrato fonte de beta caroteno que ajuda a evitar alguns tipos de câncer.
Pinhão - Petisco fonte de proteína, além de conter em sua composição nutricional, cálcio, magnésio e fibras.

Matérias Recomendadas