Pare de fumar

A Terapia Floral pode ser uma poderosa aliada durante o processo de abandonar o vício
Por Redação
Getty Images
Getty Images

Por Flavia Penedo

Fonte: Estrela Guia

A preocupação com a saúde está cada vez mais presente na vida de todo mundo e, com as leis antitabagismo mais contundentes, parar de fumar vem tornando-se uma das maiores necessidades para aqueles que sofrem com o vício.

Existem diversas opções de tratamento à disposição. Desde os tradicionais, como medicamentos, grupos de apoio, campanhas de esclarecimento, publicações com orientações a serem seguidas passo a passo, até os complementares: métodos não invasivos e mais naturais, como acupuntura, auriculoterapia e homeopatia.

O que muita gente não sabe é que a Terapia Floral também pode ser uma aliada valiosa durante o processo de abandonar o vício. É claro que cada pessoa tem suas características e reações específicas, que devem ser levadas em consideração individualmente para um tratamento a longo prazo, mas, em geral, existem várias essências florais que podem contribuir de forma positiva, encorajando a decisão de parar, dando todo o suporte emocional necessário durante a abstinência e ajudando a prevenir as recaídas, que são muito comuns nestes casos.

Conheça algumas essências e fórmulas que podem ser úteis no combate ao vício:

Agrimony (Florais de Bach) – indicada para aqueles que buscam nos vícios uma forma de não entrar em contato com os próprios problemas. Em geral são pessoas inseguras, ansiosas, com autoestima baixa, mas que disfarçam seu vazio emocional sob uma fachada de despreocupação e alegria.

Walnut (Bach) – Ajuda a dar o empurrão necessário nos momentos de transição e mudança. A decisão de se abandonar um vício acarreta em uma profunda modificação de hábitos e padrões de comportamento, mexe com sentimentos difíceis e cria uma certa resistência mental, pelo receio de ter que lidar com o que vem pela frente.

Nicociana (Florais de Minas) – obtida a partir das flores da própria planta do tabaco, é ideal para as pessoas que sofrem com inquietude e extrema agitação psicomotora. Em geral, são pessoas aventureiras, que buscam desafios físicos, buscando na excitação externa o sentimento de força e superioridade, mas com uma grande tendência a acumular frustrações e a adquirir vícios. Inclusive, é interessante observar o quanto este aspecto da coragem, da liberdade e da superação dos desafios era ressaltado nas campanhas de cigarro, quando estas ainda eram liberadas. Este floral limpa o campo energético e proporciona um estado de contemplação e harmonia e calma, permitindo um contato mais equilibrado com a nossas questões internas, este sim, o maior desafio que devemos enfrentar na vida.

Buquê da Transformação (Minas) – indicado para a conquista de novas posturas na vida, interna e externamente, ajudando as pessoas a superarem padrões cristalizados de comportamento, que aprisionam e são difíceis de serem superados. É especialmente útil para ajudar aqueles que já tentaram por diversas vezes abandonar o vício, mas sempre acabam recaindo. Fórmula composta pelos florais: Ageratum, Artemisia, Ignea, Jasminum, Millefolium, Origanum,Phyllanthus, Salvia e Silene.

Calmin (Minas) – fórmula que combate o nervosismo, ansiedade, irritabilidade, tensão e qualquer outro sintoma gerado por descompensações emocionais como insônia e dores de cabeça. Portanto, é ótima para o período de abstinência, ajudando a desenvolver a serenidade e a calma necessárias para lidar com as transformações que estão sendo feitas, tanto no corpo, quanto na mente. Composição: Momordica, Mimosa, Lavandula, Fuchsia, Psidium, Impatiens, Ficus, Basilicum e Vervano.

Matérias Recomendadas