Carreira

(Thinkstock)

Preciso mudar de emprego? 5 sinais provam que sim

É comum encontrar no mercado de trabalho pessoas que estão insatisfeitas com o próprio emprego. Seja pelo desgosto com o cargo, empresa ou colegas, este incômodo passa a refletir no dia a dia e muitas vezes é a porta para mudar de carreira. Se você ainda está na dúvida se é hora de mudar, o coach e trainer da Pandora – Evolução Consciente, Lucas Scudeler, indicou cinco sinais para identificar qual é o seu momento:

Ao longo da semana, te falta energia para finalizar trabalhos e compromissosVocê fica com grande expectativa para a chegada do final de semana e do tempo de lazerVocê tenta fugir excessivamente de assuntos ao longo do dia. Conecta-se nas redes sociais, aposta nos joguinhos no celular ou na música, por exemploOs conflitos com pessoas do trabalho são constantes: com o chefe, colaborador e/ou lideradoAparece a vontade de mudar de carreira
Thinkstock

6 dicas para evitar procrastinação e ser mais produtiva

A procrastinação, desvio comportamental muito comum, é bastante prejudicial. O psicólogo clínico Alessandro Vianna define como um “comportamento crônico nocivo”. O ato de deixar todas as tarefas para depois, se realizado frequentemente, gera grandes frustrações.

Não deixe aquela tarefa chata por último para que ela não vire urgente e te deixe apavorada, inibindo ainda mais sua ação.Avalie as perdas que pode ter se não realizar determinada tarefa. Faça um relatório escrito para que você possa analisa-las melhor. Isso pode te encorajar.Se for alguma atividade que demanda tempo, divida-a em partes menores e vá executando aos poucos. Cada etapa concluída será uma vitória.Se notar que está querendo adiar algo novamente, experimente começar a executar a tarefa, nem que seja por poucos minutos. Talvez assim perceba que não é tão ruim quanto parecia.Caso note que a atividade está realmente desagradável, vá fazer outra coisa útil e depois tente novamente. A ideia é não ficar ociosa para não perder o pique.Lembre-se de que anteriormente você tomou a decisão de procrastinar e lhe foi muito incômodo, mais até do que realizar a tarefa e eliminá-la de uma vez. Muitas coisas são menos complicadas do que parecem.
(Thinkstock)

Concurso público: 8 dicas para ser aprovado de primeira

aprovação em concurso público é uma meta que muitas pessoas procuram para mudar de vida. A concorrência, a dificuldade das provas, a disciplina e a pressão podem assustar, mas com dedicação e organização é possível ser aprovado com sucesso. Para isso, separamos 8 dicas dadas pelo diretor do Canal dos Concursos, Fábio Gonçalves, para você conseguir a aprovação em concurso:

Evite o efeito “zigue-zague” – Segundo Fábio, o efeito “zigue-zague” é quando o aluno está estudando para um concurso e fica interessado por outro processo seletivo, que parece atrativo, mas que possui matérias diferentes da que ele estuda. O ideal é se concentrar e buscar provas que se assemelhemSepare a matéria de revisão e a matéria de estudo – O indicado é começar sempre pela matéria de estudo, pois sua memória está vazia e tranquila. Dessa forma, tudo o que você estudar será entendido mais facilmente. É importa definir dentro do seu horário o que vai ser a matéria de estudo e quando será iniciada a revisãoUse o tempo ao seu favor – Se você acha que não tem tempo suficiente para estudar, uma dica é acordar 1 hora mais cedo e dormir 1 hora mais tarde, ao menos nos dias de semana, e você ganha cerca de 40 horas por mêsSaiba lidar com a pressão de amigos e parentes – É preciso separar o momento de estar com os amigos e a família. Converse com essas pessoas e mostre que está concentrado em seu objetivo e que momentos de lazer também existemEntenda seu perfil para escolher o concurso mais adequado – Segundo o especialista, quando se fala de qual é o melhor concurso para cada pessoa, se refere qual grupo de provas é a mais adequada para o seu perfilEstudar em grupo ou sozinho? O diretor indica que não há uma regra para isso. O importante é montar um quadro de horários, manter a disciplina e o ritmo de estudos. É necessário decidir o que pode ser estudado em grupo ou individualmente. “Em um grupo sempre alguém tem uma tendência a saber mais determinado conteúdo do que outro”, define Fábio. Dessa forma, o grupo tende a se completar e um ensina o outro o que melhor sabeNão abra mão do lazer – Um erro comum entre muitos candidatos é parar de realizar outras atividades só para estudar. O especialista recomenda que se pratique esportes, vá ao cinema e divirta-se. É importante cuidar do corpo e da mente para ficar mais relaxado e conseguir absorver melhor a matériaEstudar pela internet – Essa forma de estudo é uma grande vantagem, pois além do conforto de casa, existe a possibilidade de pausar os vídeos, voltar as explicações e tirar dúvidas online. O especialista só alerta para as distrações: “Ficar conectado nas redes sociais ou em aplicativos de bate-papo podem te desconcentrar”
Crédito: Thinkstock

Economia de dinheiro é a maior vantagem do Home Office. Veja também as desvantagens

Trabalhar de casa é uma tendência. E, segundo a consultora de Recursos Humanos, Cláudia Carraro, não é mais privilégio dos profissionais liberais. “O modelo pode funcionar muito bem para quem trabalha sozinho”, afirma. A internet é a grande responsável por esta mudança, permitindo que as pessoas estejam em contato sem estar necessariamente no mesmo espaço.

Crédito: Thinkstock

Empreendedorismo: saiba como acertar no volume do estoque

O sucesso de um empreendimento varejista não está apenas no seu volume de vendas. A redução dos custos e do desperdício de mercadorias também faz parte disso. Para isso, é fundamental gerenciar corretamente o volume do estoque. “Fazendo esse procedimento da maneira ideal, é possível minimizar perdas físicas de produtos e recursos financeiros, identificar as reais necessidades de produção, calcular o custo de manutenção e planejar o processo de compras com exatidão”, enumera Sônia Couto, consultora e instrutora de gestão de estoque do Sebrae/ GO. 

Crédito: Thinkstock

Achar um emprego com a ajuda da internet: consultora de RH dá dicas para chamar a atenção dos recrutadores

A internet pode ser a melhor aliada de quem está desempregado ou quer trocar de emprego. Saber se comportar nas redes sociais e manter um currículo completo e atualizado é essencial para chamar a atenção dos potenciais empregadores. 

Veja como indicar profissionais sem se prejudicar no trabalho (foto/Thinkstock)

Indicação profissional: regras para indicar um colega sem se queimar

Para que as empresas funcionem, elas precisam não só de pessoas como precisam das pessoas certas. Contratar um profissional é sempre um risco, uma aposta, um investimento de tempo e de dinheiro. O que aumenta a pressão pela contratação ideal. E nesse sentido a indicação profissional parece ganhar cada vez mais espaço e credibilidade.