13 princípios para potencializar seus talentos

Ser uma profissional talentosa não basta para ter uma carreira bem-sucedida. É preciso mais para conquistar bons resultados   Peter Drucker, pai da gestão moderna observou: “Parece haver pouca correlação entre a eficiência de um homem e sua inteligência, sua imaginação ou seu conhecimento. Inteligência, imaginação e conhecimento são recursos essenciais, mas só a eficiência os converte [...]
Por Redação

Ser uma profissional talentosa não basta para ter uma carreira bem-sucedida. É preciso mais para conquistar bons resultados

 

Peter Drucker, pai da gestão moderna observou: "Parece haver pouca correlação entre a eficiência de um homem e sua inteligência, sua imaginação ou seu conhecimento. Inteligência, imaginação e conhecimento são recursos essenciais, mas só a eficiência os converte em resultados. Sozinhos, esses recursos apenas estabelecem limites". E o que cria essa eficiência? A resposta está nas opções que você faz – com exceção da capacidade que você já tem – que irão distingui-lo dos outros que possuem somente talento. Na obra Talento Não é Tudo (Ed.Thomas Nelson Brasil), John C. Maxwell, um dos maiores especialistas do mundo, aponta 13 escolhas para maximizar seu potencial e desenvolver sua carreira. Seja qual for seu talento, diz, você pode melhorar e fazer a diferença na trajetória profissional e na vida. Veja as 13 atitudes para turbinar seu talento:

1. Acreditar em si mesma

O primeiro e maior obstáculo ao sucesso para a maioria das pessoas é não acreditar em si mesmas. É como um teto que bloqueia o talento. No entanto, quando você adquire autoconfiança, libera o poder que tem e os recursos à sua volta que, quase de imediato, podem levá-la a um nível superior. Seu potencial é a imagem reproduzida do que você pode se tornar. Acreditar irá ajudá-la a vislumbrar o retrato e tentar torná-lo real.

2. Ter paixão

O que leva as pessoas ao topo? O que as leva a assumirem riscos, irem um pouco além do esperado e fazerem o necessário para atingir os objetivos? É a paixão, que é mais importante que um plano, que cria fogo, provê combustível. Desde que haja esse sentimento, não importa se fracassa nem quantas vezes cai. Ela continua e aproveita ao máximo a capacidade que tem, pois é alguém com talento extra e não pára até ter sucesso.

3. A iniciativa pões seu talento em ação

É um clichê dizer que toda jornada começa com o primeiro passo, mas isso ainda é uma verdade. Pessoas com talento acima do padrão tomam iniciativa. Assim que começam a seguir em frente, as coisas se tornam um pouco mais fáceis. Se o momento for forte o suficiente, muitos dos problemas se encarregam de si mesmos e o talento assume o controle. Mas isso só começa depois de ter dado esses primeiros passos.

4. Focar seu talento

Há um velho ditado que diz: se você persegue dois coelhos, ambos escaparão. Infelizmente é isso que muitas pessoas acabam fazendo. Elas não direcionam sua atenção e logo se tornam ineficientes. O foco pode trazer um grande poder. Sem ele, muitas vezes a pessoa se sentirá esgotada e incapaz de fazer algo. Com ele, descobrirá que seus talentos e habilidades ganham direção e intencionalidade. E essas qualidades compensam produzindo resultados.

5. Preparar-se

Quando você não se prepara, as coisas que esperava acontecer não acontecem. A razão é simples: estar despreparado é algo que tira sua posição. Pergunte aos atletas o que acontece quando estão fora de posição. Eles perdem. A preparação posiciona as pessoas de forma correta e, muitas vezes, é o que separa vencedores de perdedores. Quem se prepara bem vive de acordo com este lema: "Tudo que começa bem vai bem".

6. Praticar

É um fato: uma boa prática regular leva a um bom jogo regular. Pessoas de sucesso entendem e valorizam esse exercício e desenvolvem a disciplina para isso, que sempre começa com um esforço e nada tem a ver com talento ou habilidade. É uma questão de escolha. Mas, uma vez que a opção é feita e esta característica se torna um hábito, duas coisas ficam óbvias: a separação de quem pratica daquele que não o faz. E o espírito vitorioso vem à tona.

7. Seja perseverante acima de tudo

Perseverança não é uma questão de talento, nem de tempo. É terminar o que se começa. O talento dá realização à persistência, que é a garantia dessa realização. Independentemente de quanto as pessoas sejam talentosas, não há sucesso sem perseverança, ou seja, você tem sucesso porque está determinado, e não destinado a ter sucesso. A perseverança reconhece a vida como muitas corridas pequenas em seqüência.

8. Testar a coragem

Há a idéia comum de que coragem é uma qualidade necessária somente em momentos de extremo perigo ou tensão, mas ela é maior do que isso. Diversas vezes, nossos testes são bem mais particulares e envolvem uma batalha interna, que para muitos é dolorosa. Você só precisa querer alcançar seu potencial e estar disposto a trocar o que parece bom no momento pelo que é melhor para seu potencial.

9. Ser receptivo ao ensino expande seu talento

Se você for uma pessoa extremamente talentosa é possível que tenha dificuldade para ser receptivo ao ensino. Por quê? Porque quase sempre pensam que sabem tudo. E isso dificulta a expansão de suas habilidades. Ser receptivo não tem tanto a ver com competência e capacidade mental quanto com atitude. É o desejo de ouvir, aprender, aplicar. É fome para descobrir e crescer. É a disposição para aprender, desaprender e reaprender.

10. O caráter protege seu talento

Muitas pessoas talentosas chegam ao auge do sucesso, mas as que não desenvolvem um forte caráter raramente continuam. Por quê? Porque não podem ir além das limitações de seu caráter. As pessoas talentosas são, às vezes, tentadas a tomar atalhos. Porém, o caráter as impede. Podem se sentir superiores e esperar privilégios especiais. O caráter as ajuda a ter bom senso. Têm o potencial de fazer a diferença. O caráter faz a diferença para elas.

11. Saber se relacionar

Nada influenciará tanto seu talento quanto os relacionamentos importantes em sua vida. Cerque-se de pessoas que lhe agreguem valor e os incentivem, e seu talento seguirá em uma direção positiva. São os relacionamentos que nos formam ou nos quebram, nos levantam ou nos derrubam, acrescentam ou subtraem. Seja sábio na escolha e preste atenção aos sinais de um relacionamento sólido: prazer mútuo, respeito, experiências compartilhadas, confiança, reciprocidade.

12. A responsabilidade fortalece seu talento

Nada cria tanto "músculo" no talento como a responsabilidade. Ela o eleva a um novo nível, aumenta sua resistência e lhe será de grande valia: irá promover suas habilidades, aumentar suas oportunidades e melhorar a vida das pessoas à sua volta. Há quatro lições essenciais para exibir a responsabilidade que nos torna com talento extra: a prática da autodisciplina; o que começar, acabe; saiba quando os outros estão dependendo de você e não espere que intervenham a seu favor.

13. Trabalhar em equipe

Independentemente de quão talentoso você possa ser, existem coisas que você não faz tão bem. Então, qual é a melhor maneira para lidar com seus pontos fracos? Ser parceiro de outras pessoas que tenham pontos fortes nessas áreas. O trabalho em equipe divide o esforço e multiplica o efeito. Uma pessoa talentosa que faça parte de uma equipe – no lugar certo, na equipe certa – se torna mais do que poderia ser sozinha. É isso que significa ser uma pessoa com talento extra.

Fonte: Revista Vida Executiva

Por Rosani Andreani / Foto: Digitalvision/Keydisc