Shakes para emagrecer só podem substituir lanches, nunca refeições

Preparações caseiras são mais nutritivas do que as industrializadas
Por Marina Lopes
Shutterstock
Shutterstock

Industrializados ou caseiros, os shakes viraram os queridinhos das mulheres que estão à procura de um corpo mais magro. As razões são simples: eles são alimentos funcionais, têm poucas calorias e prometem substituir uma refeição completa. Mas será que eles funcionam mesmo?

Leia também:

Sucos detox: 5 receitas para desinchar

Médica dos famosos ensina segredos para exterminar gordura localizada

Três receitas para emagrecer

Nutricionista da clínica Super Healthy, Paola Moreira não recomenda trocar o café da manhã, almoço ou jantar por bebidas preparadas, principalmente se forem industrializadas. “Em uma refeição completa, conseguimos obter uma variedade de nutrientes muito benéfica à nossa saúde. A mastigação também contribui muito para a adequada absorção. Desta forma, o uso de shakes industrializados, não é interessante, pois eles possuem conservantes, corantes e edulcorantes, substâncias que podem ficar armazenas no organismo”, explica.

A especialista ainda ressalta que a necessidade diária de energia varia de pessoa para pessoa, por isso é bem provável que estes produtos não contenham todos os nutrientes de que o seu corpo precisa. “Já os shakes caseiros podem ser uma boa alternativa para os horários dos lanches intermediários”, afirma.

Estas preparações caseiras trazem um leque de possibilidades que vão ajudá-la a perder peso de forma saudável. Você pode brincar de mestre cuca e adicionar os ingredientes de acordo com a sua preferência, em quantidades adequadas e sem aditivos químicos.

Paola desenvolveu cinco receitas de shakes, que associados a uma dieta balanceada, vão trazer resultados muito positivos para o seu corpo e sua saúde.  Veja:

Shake para emagrecer com semente de chia

Shake para desinchar com gengibre

Shake para desintoxicar de coco

Shake para fazer intestino funcionar 

Shake para ganhar massa muscular