Corpo e Dieta

(Reprodução/Instagram/Thinkstock)

Coxinha fit que não engorda é igual a original, segundo famosa; aprenda

Quem não sente vontade de comer uma besteira durante a dieta, que atire a primeira pedra! É normal ter o desejo por aquelas comidinhas proibidas no regime, mas se repaginar a receita e adaptá-la, é possível “jacar” sem ganhar os temidos quilinhos a mais. Um exemplo disso é a receita de coxinha fit da ex-coelhinha da Playboy, Thaiz Schmitt.

(Thinkstock)

Cortar gordura ou carboidrato: qual vai te emagrecer mais?

Cortar carboidratos ou gorduras é moda entre quem quer perder peso. Segundo pregam as dietas que pedem pela eliminação total desses nutrientes, eles poderiam sabotar qualquer regime e impediriam de emagrecer. Mas, afinal, será que isso é verdade? E se for preciso cortar um deles para conseguir secar, qual é melhor abandonar?

(Thinkstock)

3 coisas que devem estar na sua sopa emagrecedora para que ela seja eficiente

Ao iniciar uma dieta é comum banir alguns alimentos do cardápio e também incluir outros, que podem acelerar e ajudar no processo de emagrecimento. Um exemplo disso é a inserção de sopas nas refeições, porém, para que o prato realmente ajude a eliminar as gordurinhas extras é necessário que ele tenha alguns ingredientes específicos. Caso contrário, pode ser que você não atinja o objetivo traçado.

(Thinkstock)

Bolo de banana de caneca em versão fit da Karina Bacchi: pronto em 2 minutos

Quando bate aquela vontade de comer um doce, mas você não quer colocar sua dieta a perder, nem sempre é fácil encontrar algo que consiga suprir este desejo fora de hora. Neste momento, as melhores opções são as receitas de doces fit, que normalmente estão liberadas no cardápio, e que na maioria das vezes são fáceis de fazer. Um bom exemplo é o bolo de caneca, que fica pronto em dois minutos, ensinado pela atriz Karina Bacchi.

(Thinkstock)

8 receitas para comer abacate sem engordar

Ao iniciar a dieta, é normal que as pessoas deixem de comer certos tipos de alimentos, devido ao excesso de calorias e também de gordura. O abacate é um exemplo do que costuma ser banido do cardápio de quem quer perder peso. Mas, embora a fruta seja mesmo bem calórica (100 g de abacate contêm 180 calorias), ela é bastante benéfica para a saúde. 

Guacamole light - ½ abacate + 3 colheres de sopa de suco de limão + 1 tomate maduro picado em cubos + 1 cebola ralada + 1 alho picado + 1 colher de sopa de azeite + salsinha a gosto + cebolinha a gosto + sal e pimenta a gosto. Amasse o abacate e reúna todos os ingredientes, mexendo bem. Picolé - 2 abacates + 1 banana + suco de 1 limão + 1 xícara de água + adoçante + 3 colheres de sopa de chia. Bata tudo e coloque em forminhas no congelador.Salada - A polpa do abacate pode ser consumida na salada, cortada em lascas e temperada com limão. Creme de abacate - ½ abacate + 1 pote de iogurte grego zero gordura + adoçante a gosto. Bata no liquidificador os ingredientes.Maionese ou cream cheese - O alimento pode substituir a maionese ou o cream cheese nos seus sanduíches. Para preparar, é só amassar a fruta e misturar com suas ervas favoritas.Smoothie - 2 xícaras de espinafre + 1 pêra + 15 uvas + 1 pote de iogurte desnatado + 2 colheres de sopa de abacate + suco de 1 limão. Bata os ingredientes no liquidificador.Mousse - ½ abacate + 1 colher de sopa de mel + 1 colher de sopa de cacau em pó. Misture os ingredientes. Mousse de chocolate - 1 abacate maduro + 2 colheres de sopa de cacau em pó + 5 gotas de essência de baunilha + adoçante a gosto. Misture os ingredientes.
(Thinkstock)

4 cardápios práticos de marmitas fit para não comer errado na rua

Fazer dieta exige alguns cuidados e, principalmente, dedicação para não escorregar e acabar comendo errado. Para evitar os deslizes no cardápio, muitas pessoas, inclusive as famosas, apostam nas marmitas fit para comer bem no almoço e também nos lanches entre as refeições. Separamos os quatro melhores cardápios de marmitas para você se manter firme na dieta.

(Thinkstock)

9 itens para adicionar ao cardápio e conquistar massa magra a partir de hoje

A prática de exercícios físicos aliada à boa alimentação pode proporcionar não só uma melhor qualidade de vida, como também é peça-chave para perder peso e ganhar músculos. No entanto, nem sempre as pessoas dão a devida importância ao cardápio e focam apenas nos exercícios para aumentar a massa muscular. 

Espinafre - As folhas do vegetal possuem substâncias que aumentam a oxigenação dos músculos. O alimento auxilia na geração de energia e age de forma direta no metabolismo e no fornecimento de energia, para fazer com que a estrutura muscular funcione.Azeite de oliva - O item possui gorduras monoinsaturadas e antioxidantes, que são capazes de impedir a oxidação dos tecidos, fato que propicia o envelhecimento muscular. Soja - O alimento contém proteína, que é essencial para devolver outros tipos de proteínas que se perdem ao longo dos exercícios. Por esta razão, a soja auxilia na formação e renovação de todo o tecido muscular.Batata doce - Importante para quem está em busca do ganho de massa muscular, a batata doce aliada a alimentos ricos em proteínas, auxilia na reconstituição muscular, além de gerar energia. Por isso a união do frango com o alimento é tão buscado por quem treina.Ovo - O alimento é rico em aminoácidos importantes para formar o tecido muscular. O ovo também possui proteínas de alto valor biológico, que combatem as microlesões da musculação e agem na regeneração das células.Agrião - De acordo com pesquisas recentes, o agrião se mostrou capaz de diminuir a fadiga muscular gerada pelas atividades físicas.Carboidratos - São essenciais antes e depois do treino, para conservar a concentração de glicose no sangue ao longo da atividade, aumentar o desempenho e melhorar o tempo de recuperação. Cereais, massas integrais (macarrão, pães e torradas), aveia e quinoa são alguns exemplos.Proteínas - Depois da atividade física, as proteínas são importantes para construir e reparar o tecido muscular, de acordo com a nutricionista Patrícia Marques, da Nutricorp. A especialista reforça que práticas de resistência podem precisar que se consuma mais proteínas para sustentar o crescimento muscular.Gorduras do bem - Elas são fontes de energia e portanto, necessárias na alimentação de quem treina. Chia, linhaça, frutas oleaginosas e o salmão são bons exemplos.
(Thinkstock/Arte iTodas)

Óleo e açúcar de coco: motivos para consumir + receitas com eles

Para quem busca uma alimentação saudável, o óleo de coco e o açúcar de coco são ótimas opções para substituir o óleo e o açúcar refinado mais comumente usados na cozinha. Eles são feitos sem produtos químicos e podem ajudar o organismo a funcionar melhor e até emagrecer.

(Thinkstock)

Beber suco ou comer fruta: o que é melhor para emagrecer?

Durante a dieta é comum substituir as bebidas calóricas, como refrigerantes e refrescos industrializados, pelo suco de fruta natural. Porém, embora seja uma opção mais saudável, os sucos podem ter muitas calorias e além disso, a bebida tem muito menos fibras do que a fruta consumida naturalmente. Então, o que consumir: a fruta ou suco?

(Thinkstock)

3 receitas poderosas de mingau que vão transformar sua dieta

O mingau de aveia deixou de ser apenas a tradicional receita da vovó e se tornou uma refeição funcional, isso porque a aveia ajuda a emagrecer. No entanto, o resultado só ocorre se o mingau for ingerido da forma correta. Além disso, é possível turbinar o efeito emagrecedor incluindo ingredientes potentes para o corpo.