saúde bucal

(Thinkstock/Arte iTodas)

8 sinais na sua boca e o que eles dizem sobre sua saúde

Feridinhas nos lábios, aftas ou até mesmo a língua branca são alguns dos sinais que a boca dá de que algo não vai bem. E embora estes sintomas às vezes estejam relacionados à má higiene, eles também podem significar problemas de saúde.

(Thinkstock)

Dúvidas sobre dentes: café escurece? Bicarbonato clareia? Médica responde mais 6

Quando o assunto é a saúde bucal, existem diversas dúvidas sobre qual é a forma adequada de cuidar dos dentes e gengivas. Dente do siso não serve para nada? Tem jeito certo para escovar os dentes? Essas e outras questões são respondidas pela dentista do Espaço Luana Dutra Odontologia, Luana Dutra.

Existe uma maneira ideal para escovar os dentes? - Sim. Segundo a dentista, é essencial seguir uma sequência contínua, dente a dente, para não esquecer nenhuma parte ou possível cavidade que possa conter placa bacteriana. As cerdas da escova devem penetrar de forma suave no sulco da gengiva e limpar perfeitamente o contorno ou a margem do dente.É preciso fazer uma escovação demorada para ser bem feita? - Sim. Luana afirma que não adianta escovar diversas vezes ao dia, mas por tempo insuficiente para fazer uma boa higiene. “Uma escovação bem realizada demora cerca de dez minutos. Então, é melhor fazê-lo duas ou três vezes, dedicando-se de verdade, do que cinco ou seis demorando apenas um ou dois minutos”, esclarece.A higienização só é eficiente se usada uma boa quantidade de pasta de dente? - O que realmente limpa corretamente é escova, e não a pasta ou gel dental. “A dentista indica que a quantidade de pasta que será aplicada sobre a escova deve ser do tamanho de uma ervilha e colocada no meio das cerdas, para evitar que seja engolida facilmente.Café e chás escurecem os dentes? - Esses alimentos possuem corantes que podem manchar os dentes por causa da permeabilidade do esmalte. A dentista diz que não só os chás mate e preto ou o café são capazes de escurecerem os dentes, como também outros produtos como o vinho tinto.O dente do siso não serve para nada e pode ser retirado? - Segundo a dentista, o siso é um dente como outro qualquer e só deve ser retirado se aparecerem sinais que sugiram sua extração. A falta de espaço para o seu aparecimento com comprometimento de outros dentes, pericoronarite (inflamação da gengiva ao redor do dente) e cáries extensas são exemplos desses sinais.Pode-se usar bicarbonato de sódio para clarear os dentes? - O bicarbonato é um produto abrasivo que pode provocar o desgaste do esmalte dos dentes. A melhor forma de realizar com segurança o clareamento dos dentes é procurar um profissional. “É fundamental que as pessoas nunca optem pela automedicação simplesmente por uma questão de custo: não vale a pena economizar uma consulta ao cirurgião-dentista e arriscar a saúde”, alerta Luana.Enxaguantes bucais podem substituir a escovação? - A dentista ressalta que o produto é apenas um coadjuvante na higiene. “O mais importante é a limpeza com uma escova ultramacia, com uma grande quantidade de cerdas, e a utilização das escovas interdentais”. Os enxaguantes devem ser evitados principalmente entre as crianças, a menos que exista uma indicação específica feita por um cirurgião-dentista. Escovar os dentes em excesso é prejudicial? - Isso é um mito. “Quando falamos na escovação, o importante é a qualidade e não a quantidade. Escovar muito não faz mal, mas escovar errado sim”.
(Thinkstock)

Chá verde e mais 15 comidas que blindam sua boca contra bactérias

Pouca gente sabe que o que se come pode agir também na saúde bucal. Segundo a consultora de nutrição da Phosther Algamar, Camila Prata, os alimentos ricos em fibras e cálcio e até o chá verde são bons para prevenir problemas na boca e gengivas.

Chá verde: muita gente não sabe, mas o chá verde ajuda a prevenir as cáries. Isso porque ele possui uma susbstância chamada catequinas, que possui efeito bactericida. Esse componente previne a aderência das bactérias no dente, que levam à cárieLeite e derivados: são fonte de cálcio e Vitamina DGrãos integrais: possuem magnésioExtrato de própolis: ajuda a combater a afta e gengivite, pois é fonte de várias substâncias que possuem ação antisséptica, antibacterianas e antivirais. Dicas da nutricionista: você pode diluir o extrato de própolis e fazer bochecho. Pode-se optar por fazer um suco de limão com gengibre e gotas de própolis, e vira um coquetel anti-inflamatório e detoxChiclete sem açúcar: previnem a cárie, porque são fontes de xilitol e polióis, espécies de adoçantes, muito usados em produtos dietéticos. O chiclete sem açúcar pode reduzir as placas bacterianas e estimular a saliva, que diminuir a formação de cáries e promover a remineralização do esmalte dos dentesAlga lithothamnium: a alga é fonte de minerais como o cálcio e o magnésio, que são benéficos aos dentes. Um estudo feito pelo Hemorio mostrou que essa alga alcalinizou o pH da boca e reduziu a incidência de doenças como mucosite e candidíase. “A suplementação com a alga em pacientes com imunidade baixa ou comprometida e com o pH ácido, alcalinizou o pH da boca”, explica. A única forma de consumir essa alga é na forma encapsulada, como um suplementoVegetais verdes escuros: contêm cálcioSoja: é fonte de cálcio e magnésioGergelim: possui cálcioSardinha: é fonte de cálcio. Além de possuir Ômega 3, fonte de DHA, substância antiinflamatória que pode melhorar a peridontite, que é uma doença inflamatória que afeta a boca, causada por infecções bacterianasOvos: contêm magnésio e Vitamina DAmêndoas e outras oleaginosas: possuem magnésioSalmão: é fonte de Ômega 3Atum: também é fonte de Ômega 3Semente de linhaça: possui Ômega 3Chia: também contém Ômega 3
Crédito: Thinkstock

6 conselhos de dentista para uma saúde bucal impecável

Os cuidados periódicos com a saúde bucal são de extrema importância para evitar problemas comuns, como cáries e mau hálito, ou mais até mais sérios, como câncer de boca, cujo diagnóstico precoce é fundamental. No entanto, muita gente acaba adiando a visita ao dentista e, ao invés de buscar a prevenção, só procura um profissional quando há sinais de que algo não vai bem. 

Crédito: Thinkstock

Uso incorreto do enxaguante bucal causa mau hálito e diminui o paladar

Na lista de produtos usados para promover a higienização bucal, o enxaguatório é o item que promete eliminar as bactérias que causam a placa bacteriana, a gengivite e a cárie. Segundo a dentista Dra. Alessandra Rodrigues, no entanto, é preciso ficar atenta ao uso exagerado desse tipo de produto. “Os que possuem sabor muito forte, por exemplo, acabam ressecando a boca”, afirma.

Crédito: Thinkstock

Escova de dente pode levar bactérias à boca; saiba como evitar

A escova de dente é uma grande aliada na hora de realizar a limpeza da boca e garantir a manutenção da saúde. Apesar disso, a maioria das pessoas não fica atenta na hora de escolher, guardar e limpar a escova de dente.

Dente do siso sempre doi? É preciso tirar? Veja 8 mitos e verdades

Para algumas pessoas, o aparecimento dos dentes do siso é tranquilo, mas há quem sofra com dores fortes. O dentista Mário Groisman, membro da Academia Brasileira de Odontologia, da Academia Americana de Periodontia, explica que isso acontece porque, como esses são os últimos dentes permanentes a aparecer, geralmente não há espaço suficiente na boca para acomodá-los. "Isto pode fazer com que os dentes do siso fiquem inclusos - dentes presos embaixo do tecido gengival por outros dentes ou osso”.

Crédito: Thinkstock

Especialista ensina como acabar com o mau hálito definitivamente

Chupar balas e ter constantemente chiclete na bolsa pode não ser o suficiente na hora de acabar com o mau hálito. A halitose, que causa o mau cheiro na boca, pode estar ligada a má escovação, longo período de jejum ou até mesmo problemas nos dentes ou nas gengivas.