null: nullpx
rainha-Mulher

Coroa que Camilla usará na coroação de Charles já está escolhida: significado é único

Quando o príncipe Charles for coroado rei, Camilla ganhará, a pedido da rainha Elizabeth II, o título de rainha consorte - e isso vem com uma coroa para lá de especial
Publicado 9 Fev 2022 – 10:10 AM EST | Atualizado 11 Abr 2022 – 05:41 PM EDT
Reações
Compartilhar
- Crédito: CARL DE SOUZA/Correspondente/Getty Images

Na ocasião de seu jubileu de platina, que celebra 70 anos de reinado, Elizabeth II anunciou em carta oficial que seu “desejo mais sincero” é que Camilla, esposa do Príncipe Charles, se torne “Rainha Consorte” quando seu filho ascender ao trono.

Os consortes reais são pessoas que possuem vínculo matrimonial com um membro da realeza de título igual. Comumente, o papel de uma rainha consorte é compartilhar a posição de seu marido, detendo a equivalência feminina de seu título monárquico.

E além do novo título, a Duquesa da Cornualha receberá da Rainha Elizabeth II uma coroa especial, repleta de diamantes e com um significado único.

História da coroa que será de Camilla


De acordo com informações do jornal Daily Mail, quando o Príncipe Charles se tornar rei, Camilla usará a coroa de platina e diamantes da rainha-mãe, criada na coroação do rei George VI (pai de Elizabeth II), em 1937 (foto abaixo).

Além de contar com 2.800 diamantes, a coroa de Camilla abriga em sua cruz frontal o famoso diamante Koh-i-Noor, dado à Rainha Vitória em 1856 pelo Sultão da Turquia como um gesto de gratidão pelo apoio britânico durante a Guerra da Criméia. A grande pedra, que significa “Montanha de Luz”, vem da Índia e já causou muita controvérsia.


Muitos acreditam que o diamante foi roubado e exigiram que fosse devolvido a seu país de origem, outros dizem que a peça é amaldiçoada, mas que o mau agouro só recai sobre homens.

Feita pelos joalheiros reais Garrard & Co, a coroa já foi usada pela rainha Elizabeth nas aberturas estaduais do Parlamento durante o reinado de seu marido e na coroação de sua filha Elizabeth II, em 1953. Atualmente ela faz parte das Joias da Coroa em exibição na Torre de Londres.

Reações
Compartilhar
RELACIONADO:rainha-Mulher

Mais conteúdo de interesse