null: nullpx
Príncipe Harry-Mulher

Quais títulos Harry e Meghan perdem e quais mantêm, segundo decisão final da Realeza

Publicado 20 Jan 2020 – 10:50 AM EST | Atualizado 20 Jan 2020 – 10:50 AM EST
Reações
Compartilhar

A Rainha Elizabeth anunciou recentemente que Harry e Meghan perderão títulos muito valiosos para a família real. A renúncia veio por parte do casal, que afirmou que estava em busca de sua independência financeira e que se afastaria da realeza. Veja abaixo quais são os títulos e o que eles implicam.

Harry e Meghan perdem títulos reais

O comunicado divulgado pelo Palácio de Buckingham diz: “Os Sussex não usarão seus títulos de Sua Alteza Real, pois não são mais membros da Família Real”. Essa denominação só é utilizada para membros do alto escalão da realeza, como a própria rainha, o príncipe Charles, William, Kate e seus filhos.

Ou seja: como não fazem mais parte da família real, Harry e Meghan não precisam cumprir certas obrigações, como viagens e eventos oficiais. Além disso, também podem trabalhar, o que é proibido para quem tem o título de Sua Alteza Real.

Por outro lado, eles também também não poderão mais contar com o dinheiro da realeza: “Conforme acordado neste novo arranjo, eles entendem que são obrigados a se afastar dos deveres reais, incluindo as nomeações militares oficiais. Eles não receberão mais fundos públicos para os deveres reais”, afirma o comunicado.

Títulos de nobreza serão mantidos

Os títulos de nobreza, no caso de Harry e Meghan, duque e duquesa, serão mantidos. Na prática, essa nomeação não muda muita coisa — manter os títulos é mais uma questão de respeito, mas, caso queira, a rainha também pode retirá-los.

Apesar da divisão, a rainha anunciou que as nomenclaturas não mudam o fato de eles ainda serem da mesma família: “Harry, Meghan e Archie sempre serão membros muito amados da minha família".

Veja os comunicados na íntegra:

Declaração de Sua Majestade, a rainha
Após muitos meses de conversas e discussões mais recentes, fico satisfeita por termos encontrado juntos um caminho construtivo e solidário para meu neto e sua família. Harry, Meghan e Archie sempre serão membros muito amados da minha família. Reconheço os desafios que enfrentaram como resultado de intenso escrutínio nos últimos dois anos e apoio o desejo de uma vida mais independente. Quero agradecer a eles por todo o seu trabalho dedicado em todo o país, na Commonwealth e além dela, e estou particularmente orgulhosa de como Meghan se tornou tão rapidamente um membro da família. É a esperança de toda a minha família que o acordo de hoje lhes permita começar a construir uma nova vida feliz e pacífica.
Declaração do Palácio de Buckingham
O duque e a duquesa de Sussex são gratos à Sua Majestade e à Família Real por seu apoio contínuo enquanto embarcam no próximo capítulo de suas vidas. Conforme acordado neste novo arranjo, eles entendem que são obrigados a se afastar dos deveres reais, incluindo as nomeações militares oficiais. Eles não receberão mais fundos públicos para os deveres reais. Com a bênção da rainha, os Sussex continuarão mantendo suas patronagens e associações particulares. Embora não possam mais representar formalmente a rainha, os Sussex deixaram claro que tudo o que fizerem continuará a defender os valores de Sua Majestade. Os Sussex não usarão seus títulos de Sua Alteza Real, pois não são mais membros da Família Real. O duque e a duquesa de Sussex compartilharam seu desejo de reembolsar as despesas do Sovereign Grant pela reforma do Frogmore Cottage, que continuará sendo sua casa familiar no Reino Unido. O Palácio de Buckingham não comenta os detalhes dos arranjos de segurança. Existem processos independentes bem estabelecidos para determinar a necessidade de segurança com financiamento público. Este novo modelo entrará em vigor na primavera de 2020.

Harry e Meghan fora da realeza

Reações
Compartilhar
RELACIONADO:Príncipe Harry-Mulher

Mais conteúdo de interesse