null: nullpx
Matthew McConaughey-Mulher

Carta de Matthew McConaughey pede "profunda olhada no espelho" após tiroteio em escola no Texas

Ator cobrou mudanças e citou os pais das crianças que morreram em Uvalde, sua cidade natal
Publicado 25 Mai 2022 – 03:56 PM EDT | Atualizado 25 Mai 2022 – 03:56 PM EDT
Reações
Compartilhar
Matthew McConaughey cobra ações públicas após tiroteio em escola de Uvalde, no Texas. Crédito: Foto 1: Brendon Thorne/Getty Images for Wild Turkey | Foto 2: ALLISON DINNER/AFP via Getty Images

O ator Matthew McConaughey, natural de Uvalde, no Texas, escreveu uma carta aberta ao público após o trágico tiroteio que aconteceu numa escola infantil, na última terça (24). Em uma reflexão sobre o crime devastador, McConaughey cobrou ações de entidades públicas e pediu ao povo americano que refletisse sobre as políticas de armamento do país.

Sobre o crime

O massacre ocorreu na Robb Elementary School e deixou, até o momento, pelo menos 21 mortos — sendo 19 crianças e 3 adultos. O autor dos disparos foi Salvador Ramos, um ex-aluno da escola, que comprou dois rifles uma semana após seu aniversário de 18 anos e realizou o crime.

O atirador, que foi morto durante a ação, matou a própria avó antes de deixar sua casa e seguir até a escola infantil. Muitas crianças ficaram feridas e estão sendo atendidas em duas unidades de saúde da região. As informações sobre o número de mortos seguem em atualização, conforme o avanço das investigações.

Matthew McConaughey emociona em carta aberta sobre tiroteio

Matthew McConaughey escreveu uma carta emocionante ao público para tratar sobre o tiroteio em massa que ocorreu em Uvalde.

O premiado ator começou seu relato falando sobre a cidade onde nasceu e a "falta de responsabilidade" das autoridades americanas com os recorrentes tiroteios em escolas pelo país. "Mais uma vez, provamos tragicamente que não estamos sendo responsáveis pelos direitos que nossas liberdades nos concedem".

McConaughey pediu ao povo americano que desse uma "longa e profunda olhada no espelho" para refletir sobre questões relevantes ao caso, como o controle de armas. "Não podemos expirar mais uma vez, dar desculpas, e aceitar que essas trágicas realidades sejam normalizadas".

O ator pede que as pessoas reavaliem seus valores e encontrem um ponto em comum para encarar a "devastadora realidade americana que tragicamente virou um problema para nossas crianças".

"Essa é uma epidemia que podemos controlar, e seja qual for o lado em que possamos estar, todos nós sabemos que podemos fazer melhor. Precisamos fazer melhor. Ações precisam ser tomadas para que nenhum pai tenha que enfrentar o que os pais em Uvalde e outros antes deles têm passado".


Veja a carta original de McConaughey, em inglês, na íntegra.

Reações
Compartilhar