Juliana Paes lança campanha após vídeo de jornalista contra contratação de goleiro Bruno

por | jan 13, 2020 | Comportamento

Recentemente, foi divulgado que o goleiro Bruno, preso por envolvimento na morte da atriz Eliza Samudio, seria contratado pelo time baiano Fluminense de Feira de Santana. A sentença é de 22 anos e três meses, mas em julho de 2019 ele começou uma transição para um regime semiaberto.

Indignada com a contratação, Jessica Senra, âncora da TV Bahia (afiliada da Rede Globo), fez um discurso sobre como era problemático alçar um feminicida à posição de ídolo. Agora, Juliana Paes lançou a campanha #meuídolonãoéfeminicida para apoiar a jornalista.

Juliana Paes lança campanha contra goleiro Bruno

“Nessa segunda-feira @jessicasenra me surpreendeu e me comoveu com a sua coragem, ousadia e inteligência ao defender seu posicionamento contra um clube de futebol que desejava contratar o goleiro Bruno, condenado por um crime bárbaro de assassinato à mãe de seu filho”, disse a atriz, relembrando um crime que chocou o país.

A atriz exaltou a jornalista pela coragem de falar: “Eu como mulher, e defensora da causa da violência contra a mulher, queria dizer que estou muito orgulhosa de você @jessicasenra”.

Depois da repercussão do caso, o Fluminense de Feira de Santana desistiu da contratação.

“E queria convidar todos meus seguidores, pessoas e marcas, a verem o vídeo completo do seu discurso (link nos meus stories) e compartilharem uma foto nos seus perfis com a hastag #meuídolonãoéfeminicida para que mais pessoas vejam dessa história”, finalizou Juliana.

Nos comentários, a atriz foi aplaudida pela iniciativa: “Eu já tinha visto! Achei o máximo! Perfeita a colocação dela”, disse uma seguidora. Uma outra comentou: “Todos tem que assistir a esse vídeo mesmo. @jessicasenra simplesmente nos representou como mulheres”. Veja o vídeo abaixo:

Caso goleiro Bruno