Mion fala sobre morte do irmão e jeito que achou para seguir em frente (é tocante!)

por | out 17, 2018 | Comportamento

Marcos Mion é uma pessoa muito ligada à família. Frequentemente ele compartilha momentos ao lado da esposa e dos três filhos com seus seguidores nas redes sociais. Além disso, ele quebra tabus ao mostrar e falar sobre o filho mais velho, Romeo, que tem Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Mas o que poucos sabem – porque o apresentador quase nunca fala – é que ele perdeu o irmão mais velho aos 14 anos. Recentemente, em uma entrevista, ele abriu o coração e contou de forma tocante como foi o período de luto e a superação.

Mion fala sobre a morte do irmão mais velho

Marcos Mion participou de uma entrevista com André Vasco em seu canal do YouTube. Ao fim da conversa, eles entraram no assunto da morte do irmão do apresentador, que contou como foi passar pelo luto.

Marcelo Mion morreu em 1993, aos 18 anos, por conta de uma fatalidade enquanto comemorava seu ingresso na faculdade de medicina. Mion tinha 14 anos na época e tinha o irmão mais velho como ídolo.

“A única coisa que fiz para não ser igual a ele, porque o irmão mais velho é sempre o nosso ídolo né, foi o teatro. O resto, minha vida inteira é uma cópia dele”.

Após a morte de Marcelo, Mion entrou em uma depressão profunda e chegou a engordar 20 quilos. Ele se enfiou dentro do quarto e só saía quando era realmente necessário. Foi aí que o teatro surgiu em sua vida.

Como Mion superou a perda do irmão

Preocupada com o filho, a mãe de Mion o matriculou em uma escola de teatro e disse: “É isso que você vai fazer, porque eu sei que é o que está dentro de você e vai te tirar dessa situação”. E como o sexto sentido de mãe nunca falha…

O teatro transformou Mion completamente e trouxe ele de volta à vida. “Eu gostei desde o primeiro dia, porque no momento em que eu entrei ali, eu podia ser outra pessoa. Eu podia esquecer o que eu era e o que eu estava passando e dar vida a qualquer personagem. Eu entendi que eu podia rir de novo e fazer os outros darem risada”.

Mion contou que o teatro o tirou da depressão, o ensinou a conviver com a perda do irmão e amenizou o sentimento de luto, porque segundo ele, “o luto é eterno”.

Mesmo após 25 anos da morte de Marcelo, Mion ainda sente falta do irmão e disse que aprendeu muito com ele. “Sem dúvida nenhuma ele me ensinou tudo sobre a vida e me ensinou tudo sobre a morte também, infelizmente!”.

Veja a entrevista completa de Mion:

Família de Marcos Mion