null: nullpx
ano novo-Mulher

Regente de 2021 será Vênus, o planeta dos relacionamentos, e ele vem para revolucionar

Publicado 1 Dez 2020 – 10:38 AM EST | Atualizado 2 Dez 2020 – 01:37 PM EST
Reações
Compartilhar

Após um ano regido pelo Sol e marcado tanto pela necessidade de reinvenção individual quanto pela chamada grande mutação, 2021 promete uma revolução nos relacionamentos. Segundo astróloga Virginia Gaia, isso ocorre devido à regência do planeta Vênus sobre o ano, que acontece dentro de um ciclo de 36 anos do planeta Saturno e afeta o coletivo de diversas formas.

Vênus é o regente de 2021: o que significa?

Segundo Virginia, a regência de 2021 está nas mãos do astro mais brilhante dos céus depois do Sol e da Lua: Vênus.

Conforme explica a astróloga, este planeta rege as finanças, a beleza, as parcerias e as relações – e estes aspectos devem ficar em ênfase dentro de um contexto específico ditado por um ciclo saturnino iniciado em 2017, que impõe um intenso processo de transformação coletiva.

“Pode-se dizer que saímos de um período marcado pelo exercício da criatividade e da reinvenção individual – já que 2020 foi regido pelo Sol – para um ano no qual os valores pessoais serão revistos e novas formas de relacionamento estarão em destaque, dada a regência por Vênus. Tudo isso em uma sociedade que está em pleno processo de transformação coletiva, em virtude do grande ciclo de Saturno”, afirma.

Isso, segundo a astróloga, provocará uma inclinação a novas maneiras de se relacionar romanticamente, fugindo da monogamia, bem como novos processos na hora de conhecer pessoas e manter relacionamentos de forma geral (já que, com menos eventos sociais, a interação virtual deve seguir predominando em um primeiro momento de 2021).

É possível, portanto, fazer novos amigos e até encontrar uma cara-metade no próximo ano, mas é preciso ter em mente que estes encontros provavelmente não acontecerão de forma convencional, e que os relacionamentos amorosos tendem a ser mais livres, longe do padrão "comercial de margarina".

Apesar de ser mais conhecido por suas influências em relacionamentos, Vênus também rege, segundo Virginia, as finanças, e o clima de transformações é válido neste campo também. Isso, na prática, significa um clima de busca por novas formas de se gerar riquezas, assim como discussões sobre o próprio dinheiro (como o fim das notas e moedas, novas formas de se fazer transações e até o que priorizar na hora de gastar).

Sendo assim, também são esperadas mudanças nos negócios; em 2020, devido à pandemia, muitas empresas fecharam as portas enquanto outros ramos despontaram e, por isso, 2021 pode ser um bom momento para mudar de carreira e colocar em prática ideias inovadoras no âmbito do trabalho.

Mudanças profundas na sociedade

Além disso, Virginia lembra que é proveitoso analisar a regência de Vênus e o ciclo de Saturno em conjunto com outros trânsitos astrológicos (ou seja, movimentos dos astros pelos signos) importantes para o ano. Segundo ela, um dos mais importantes será a conjunção de Júpiter e Saturno no signo de Aquário, que inicia um ciclo de 200 anos de encontros destes dois planetas em signo do elemento ar.

Enquanto Saturno, que é co-regente de Aquário, entra neste signo em dezembro de 2020 e permanece nele até março de 2023, Júpiter passa a transitar nele na mesma época, tendo um breve intervalo no qual passa por Peixes (entre maio e julho de 2021) e retornando então ao encontro com Saturno em Aquário, onde permanece até dezembro de 2021.

Até então, a dupla de planetas estava em um ciclo de encontros em signos do elemento terra, e esta transição é, segundo ela, historicamente conhecida por mudanças profundas na forma como a sociedade funciona. Devido à influência deles, Virginia conta que é possível esperar modificações grandiosas no âmbito da tecnologia, da comunicação em massa e da ciência, bem como diversificação das lideranças.

Segundo a astróloga, isso pode render bons frutos para a área da saúde, que se beneficia de descobertas científicas, e possivelmente proporcionar descobertas interessantes com relação ao espaço sideral.

Durante o período em que Júpiter transita por Peixes, entre maio e julho, porém, pode haver inquietação em ainda outras áreas. “O planeta regente da fé expandirá o interesse pelos temas místicos e religiosos, ao mesmo tempo em que demandará maior assistência a populações menos favorecidas, além de trazer boas influências aos temas ligados à saúde”, afirma ela.

Há, no entanto, outro trânsito planetário que deve incentivar o clima do ano – e, apesar dos muitos aspectos positivos promovidos tanto pela regência de Vênus quanto pelo encontro de Júpiter e Saturno, 2021 ainda não será o ano do fim da polarização ideológica devido à tensão entre esta dupla de planetas e Urano, que está no signo de Touro desde 2019.

Esta tensão, chamada de quadratura, acontece várias vezes no ano e fomentará profundos debates sobre alternativas que auxiliem na recuperação econômica após a crise gerada pela pandemia de COVID-19, bem como a difusão de conceitos como consumo consciente, reciclagem e gestão ambiental – tudo cercado por embates com uma agenda mais conservadora que segue presente no mundo em geral.

Além disso, o início de 2021 também será marcado pelo foco nos relacionamentos. “Será, sem dúvida, um ano para estarmos abertos a novas formas de amar, buscando também alternativas para nos comunicarmos com quem amamos e nos relacionamos socialmente”, conclui a astróloga.

2021 no Brasil

De acordo com o mapa astral do País, o Brasil tem Aquário como ascendente, e o encontro de Júpiter e Saturno neste signo deve abrir espaço para o possível surgimento de novas lideranças, bem como muitas discussões sobre temas relacionados à saúde pública. Quanto à economia, Virginia afirma que há necessidade de se pensar a longo prazo e agir com cautela.

“Há oportunidade para melhorar a gestão das contas públicas, porém é preciso cuidado para não depositar esperanças demasiadas em soluções que parecem efetivas, mas, na prática, não são”, diz ela, afirmando que, de acordo com outros eventos astrológicos, como eclipses em 2021, o ano será de desapego de relações e padrões ultrapassados e reinvenção da forma de se gerar riqueza.

Simpatias de Ano-Novo

Reações
Compartilhar

Mais conteúdo de interesse