null: nullpx
Príncipe Harry-Mulher

Amor de Harry e Meghan teve que vencer grandes obstáculos — e só se fortaleceu

Publicado 20 Mar 2020 – 06:08 PM EDT | Atualizado 20 Mar 2020 – 06:08 PM EDT
Reações
Compartilhar

Harry e Meghan receberam grande atenção pública recentemente depois de darem adeus à realeza. Nem todo mundo, no entanto, conhece os detalhes da história de amor do duque e da duquesa de Sussex, que é digna de um conto de fadas.

Eles se conheceram em um encontro às cegas, se apaixonaram à primeira vista e enfrentaram vários obstáculos em nome desse grande amor. Assista ao vídeo abaixo:

Harry e Meghan: amor à primeira vista

mini:


Na adolescência e no início da vida adulta, Harry foi considerado um príncipe rebelde, se comportando de forma bem menos discreta que seu irmão, William. Mas depois de muita terapia, ele conseguiu se encontrar nas Forças Armadas Britânicas e também como um defensor das causas sociais.

Na vida afetiva, porém, as coisas não iam tão bem. Harry teve algumas namoradas, mas nada tão sério a ponto de pensar em casamento. Independente disso, a família real acreditava que ele tinha que se casar. E já apontava certa preocupação em encontrar a mulher certa para o príncipe.

Kate Middleton, sua cunhada, também chegou a ter um papel no processo: ela constantemente dava uma de cupido, tentando marcar encontros para Harry. Apesar de conhecer bem o irmão de seu marido, ela nunca acertou a mão.

Diante da pressão da família, Harry também começou a se esforçar para encontrar sua princesa real e pediu ajuda a uma amiga, que marcou um encontro às cegas com Meghan Markle.

Ele nunca tinha ouvido falar da atriz e sequer tinha assistido à série “Suits”, da qual ela fazia parte. Mas quando a viu pela primeira vez, logo se surpreendeu com sua beleza.

Meghan, por sua vez, sabia que iria se encontrar com um dos herdeiros da Coroa, mas não criou muitas expectativas. “Eu não sabia muito sobre ele e a única coisa q perguntei para minha amiga quando ela queria nos juntar foi: ‘ele é uma boa pessoa?' Porque se ele não fosse amável, não faria sentido”, disse a duquesa em entrevista.

Mas Meghan também se encantou pelo príncipe e foi amor à primeira vista. No dia seguinte, os dois voltaram a se encontrar e, no outro dia, novamente.

E apenas algumas semanas depois, fizeram a primeira viagem juntos: foram para África, lugar pelo qual o príncipe tem um carinho muito especial desde a infância.

Harry e Meghan afirmam que essa viagem foi crucial para que eles se conectassem e percebessem que, de fato, queriam ficar juntos.

Pedido de casamento de Harry para Meghan

O pedido de casamento viria alguns meses depois da viagem. “Foi uma surpresa incrível. Tão doce, natural e muito romântico. Ele ficou de joelho”, revelou Meghan.

Foi o próprio Harry, aliás, que desenhou o anel de noivado e fez questão de colocar na joia alguns símbolos especiais para o casal: uma pedra do país africano para onde o casal viajou pela primeira vez e pedras preciosas que pertenceram à sua mãe, a princesa Diana.

Depois de um ano e meio juntos, o casal anunciou o noivado, pegando muita gente de surpresa. Além de não ser britânica, Meghan era divorciada. Ela foi casada por dois anos com cineasta Trevor Engelson, de quem se separou em 2013.

A imprensa começou a bombardear a escolhida de Harry, mas nenhuma crítica abalava o romântico e apaixonado príncipe. Seis meses após o anuncio do noivado, os dois subiram ao altar e tiveram um casamento dos sonhos.

Conto de fadas que virou pesadelo

A história de amor entre Harry e Meghan começou de forma incomum, enfrentou barreiras e, com o casamento, parecia finalmente ter ganhado um desfecho de conto de fadas. A união, no entanto, passaria a passar por episódios dignos de pesadelo.

Meghan continuou a ser perseguida pela mídia e não foi poupada de boatos e fofocas nem mesmo durante a gravidez ou após o nascimento do pequeno Archie, em maio de 2019.

Os tabloides não davam folga e o casal se viu obrigado a processar tabloides por fabricar histórias falsas e criar uma imagem negativa da duquesa.

Em uma viagem para a África, em 2019, Meghan e Harry revelaram sua angustias em relação a suas funções reais e sobre como a vida deles estava sendo tratada pela imprensa. O príncipe chegou a dizer que o caos que vivia fazia com que ele se lembrasse da perseguição sua mãe, Lady Di, sofreu ao longo de toda sua vida e que resultou em sua morte precoce, em 1997.

Saída de Meghan e Harry da realeza

Diante de toda a pressão que sofriam, Harry e Meghan anunciaram oficialmente, em 2020, que estavam renunciando à realeza. O casal agora se tornaria independente financeiramente e passaria a morar fora do Reino Unido.

Eles deixaram sua casa para trás e foram morar no Canadá. Meghan e Harry também abriram mão de suas funções reais no primeiro escalão, assim como o salário polpudo que recebiam mensalmente.

O objetivo do casal é criar o filho de forma bem diferente dos padrões reais e bem longe dos fotógrafos, tudo para preservar a saúde emocional de toda a família.

Príncipe Harry e Meghan Markle

Reações
Compartilhar
RELACIONADO:Príncipe Harry-Mulher

Mais conteúdo de interesse