Mônica Benini rebate críticas por mostrar corpo pós-parto: “Cada um com suas dores”

por | out 18, 2021 | Comportamento

Poucos dias após dar à luz pela segunda vez, Mônica Benini foi criticada por uma reflexão sobre seu corpo pós-parto. No Instagram, ela mostrou a realidade que a chegada de Lara criou e falou sobre autoaceitação – algo que não foi bem aceito por algumas internautas e a fez voltar a se pronunciar sobre ter recebido críticas em um momento tão delicado.

Mônica Benini rebate críticas por mostrar corpo pós-parto

Em seu perfil no Instagram, Mônica Benini fez recentemente um texto sobre aceitar seu corpo pós-parto alguns dias depois de dar à luz Lara, segundo fruto de seu relacionamento com o músico Junior Lima. Nas fotos, ela aparece com uma barriguinha tímida, semelhante à do início da gravidez e, na legenda, a designer de joias refletiu sobre como está acolhendo o novo corpo melhor neste puerpério.

“Essa foto eu tirei hoje, quando olhei no espelho, com mais essa nova forma de quem acabou de parir e sorri… Agradeci pela mágica que é viver tudo que vivi nos últimos meses e por agora poder estar aqui, saudável, pra cuidar das minhas crias e da minha própria vida. Me olhei com carinho, com afeto. Eu acolho meu corpo e todas as transformações pelas quais passei”, disse ela.

Afirmando crer que seu corpo nunca mais voltará a ser o que era antes das gestações – algo que ela celebra –, Mônica deixou ainda um conselho. “Fica aqui meu desejo pra que você que está gestando ou acabou de parir: deixe de lado aquela ideia de voltar ao corpo de antes ou de voltar a qualquer coisa de antes… Sua nova versão é sua melhor versão até agora, em todas as camadas”, afirmou.

Nos comentários, ela recebeu então uma enxurrada de elogios, mas algumas pessoas não ficaram felizes com a reflexão de Mônica devido ao fato de que, apesar da barriguinha da designer estar evidente, muitas mulheres ficam bem diferentes após gestar uma criança, com diversas marcas e uma barriga ainda mais protuberante mesmo com meses de puerpério.

“Eu entendi o que você quis dizer, mas olha, acolher esse corpo perfeito mesmo recém-parida não é difícil!”, comentou uma seguidora de Mônica. “Você é muito bacana, mas podia se exibir sem essa legenda de positividade tóxica, cinco dias de parida, zero flacidez, quase zero de estrias… Na boa, não ajudou em autoestima, não”, disse outra. “Exagero”, opinou mais uma.

Diante das críticas, Mônica então usou a ferramenta Stories para se posicionar, deixando claro ter plena noção de que tem um corpo padrão mesmo no pós-parto e que sua reflexão teve outras intenções. Em um breve texto, ela lamentou a internet estar “cheia de juízes”, e negou a intenção de julgar as experiências alheias.

“Eu escrevo aqui do meu ponto de vista, jamais com a intenção de ofender ou diminuir ninguém. Cada um com suas dores, suas experiências. Tenho plena consciência de que meu corpo está dentro dos padrões. Mas essa aceitação que eu escrevi ali já não existiu. No meu primeiro parto, eu não amei a imagem que vi refletida no espelho pós-parto. E minha intenção era falar justamente com essas pessoas”, disse.

Por fim, ela desabafou sobre a possível decisão de não compartilhar mais certas coisas. “Pensando que se for pra passar meu pós-parto tendo que explicar um tanto de coisa, talvez seja melhor não falar nada. Eu compartilho pra somar, essa é a única intenção. Paz!”, avisou ela.

Maternidade real