Como eliminar cicatriz de espinha

por | jun 30, 2016 | Beleza

Fatores hormonais e aumento de secreção sebácea são algumas das principais razões para o  surgimento da acne. Além do constrangimento, o problema pode se agravar e deixar a  pele com manchas e cicatrizes difíceis de serem removidas.

Leia também:

Como fazer limpeza de pele em casa

Apertar cravos e espinhas causa cicatrizes?

Espremer espinhas pode causar infecções graves e até meningite

Tipos de acne

Os tipos de acne que mais danificam a pele, segundo a dermatologista Daniela Lemes, diretora médica da Slim Clinique e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, são a cística – quando formam-se nódulos sob a pele – e a inflamatória – com lesões com pus. Como ambas provocam a retração da pele, as sequelas podem ser grandes. Por isso, o ideal é prevenir e  evitar que a acne apareça. Mas quando o problema já ocorreu, os tratamentos podem ajudar a reverter as lesões causadas.

Tratamentos para acne

Normalmente o tratamento prescrito pelo dermatologista consiste em medicamentos de uso tópico e oral para evitar a formação de novas lesões. Novas tecnologias, como o laser fracionado, também se tornaram aliados importantes para  melhorar o aspecto da pele.

Laser para a pele

Entre as mais utilizadas estão o Fraxel Dual, que estimula o colágeno e promove uma espécie de ‘varredura’ dos pigmentos. “O aparelho não agride a epiderme, por isso a pele não descama”, afirma a dermatologista. E o Fraxel Repair, que consiste em um laser de CO2 fracionado para atingir as camadas mais profundas da pele, e é indicado para cicatrizes mais graves “Por atuar também na derme, ele age também nas cicatrizes, além de uma ação expressiva nas manchas de acne e na textura da pele”, explica.

Ela diz que o inverno é uma das melhores épocas do ano para eliminar manchas e marcas de espinhas, pois após as sessões é necessário evitar o sol por no mínimo 15 dias.

O vídeo ensina a deixar sua pele livre dos cravos. Assista!

https://www.youtube.com/watch?v=YxF6xhjwm4I