Modelo apela a lojas após GG não servir: “Vocês não percebem o que fazem com as mulheres”

por | set 26, 2019 | Moda

https://www.instagram.com/p/B07DWjZgAA0/

Letticia Munniz é conhecida no Instagram por falar de aceitação e das dificuldades que ela e outras mulheres enfrentam por não estarem enquadradas em um padrão de beleza. Intitulada como modelo real size, ela usa numeração 46, mas não consegue encontrar roupas do seu tamanho.

Desabafo de Letticia Munniz

Na noite da última quarta (25), Letticia usou os Stories para mostrar sua insatisfação ao tentar comprar uma saia. Com a peça aberta, ela registrou a tentativa frustrada ainda no vestiário da loja.

“Isso aqui sou eu tentando comprar uma roupa. Essa aqui é uma saia tamanho GG, que não passa da minha b****. E esse aqui é um zíper que a qualquer momento vai estourar e eu vou rir bastante. Porque uma loja que faz um GG que não veste uma pessoa 46 tem mais é que se f****, né?”, começou o discurso.

https://www.instagram.com/p/B2mQ6t6goJm/

Já em casa, a influenciadora questionou: “Que GG é esse, gente, que não passa numa mulher que veste 46? A gente vai vestir o que, vai se amarrar na cortina?” Letticia ainda falou da dificuldade de boicotar as marcas, já que ela não se enquadra na grade de numeração “padrão” e nem na plus size.

Sofrimento das mulheres

Bem resolvida, a modelo lembrou o que sentia em uma situação semelhante no passado, algo que faz parte do presente de muitas mulheres.

“Sei que sou uma mulher perfeita, fico com ódio da loja. Mas a Letticia de antigamente e milhões de outras mulheres saem da loja chorando. Porque acha que está horrorosa e tem que emagrecer para caber no inferno da roupa e não que a loja que tem que continuar os tamanhos das roupas”, explicou.

https://www.instagram.com/p/B2hTWf6AK62/

Ela também falou que não acredita que deveria haver a separação de lojas plus size. “A gente mora no Brasil, as pessoas aqui têm um milhão de corpos de todos os tamanhos. Porque a gente é um dos países mais miscigenados do mundo inteiro” e concluiu dizendo que o que as pessoas querem é “vestir roupa bonita” e afirmando que as lojas não entendem o impacto de seguir um padrão euroupeu de numeração: “Vocês não percebem o que fazem com as mulheres. Vocês não percebem o que fazem com a cabeça das mulheres”.

Pressão para emagrecer

Letticia relembrou a infância e que passou 28 anos de sua vida lutando contra o peso. Aos 10 anos, ela já sofria de bulimia para conseguir usar as roupas que gostava.

https://www.instagram.com/p/Bzb-z3ogJ0b/

A modelo ainda mandou um alerta para as marcas de que isso ainda acontece: “Tem mulher trancada dentro de casa para não sair com os amigos e ver os amigos bebendo e comendo, porque ela quer emagrecer para caber em roupa”.

Por fim, a modelo deixou claro que a sua maior indignação não era sobre o ocorrido com ela, mas o que muitas mulheres passam no dia a dia: “Eu penso que se não cabe em mim, que visto 46, cabe em quem?”

Padrões de beleza