null: nullpx
lua-Mulher

Superlua de sangue de lobo: fenômeno astronômico raro ocorre em janeiro

Publicado 2 Jan 2019 – 03:40 PM EST | Atualizado 2 Jan 2019 – 03:40 PM EST
Reações
Compartilhar

Olhar para o céu sempre nos estimulou a tentar descobrir o que significam os fenômenos astronômicos. Para torná-los mais compreensíveis, assim, passamos a dar nomes intrigantes e especiais para cada ocorrência.

Para se ter uma ideia, da madrugada de 20 para 21 de janeiro de 2019, não acontecerá apenas a primeira lua cheia do ano: será, sim, a Superlua de sangue de lobo. Entenda agora que fenômeno é esse.

Superlua de sangue de lobo em janeiro de 2019

Prepare-se para a primeira junção de ocorrências astronômicas aparente no céu do ano: a Superlua de sangue de lobo.

De 20 para 21 de janeiro, acontecerá simultaneamente um eclipse lunar total e uma “superlua”. Para a astrologia, o evento pode provocar mudanças na vida das pessoas de acordo com seus signos.

No total, o evento durará 3 horas e 17 minutos, sendo 1 hora e 2 minutos de cobertura total do satélite. De acordo com a Nasa, o efeito poderá ser visto na área Central do Pacífico, na Europa, na África, nas Américas do Norte e do Sul. Ou seja, a previsão é que dê, sim, para assistir ao espetáculo no céu do Brasil.

Vale lembrar que, em julho de 2018, aconteceu o maior eclipse lunar do século (durou 3 horas e 55 minutos com 1 hora e 43 minutos de cobertura total do satélite).

O que é o fenômeno?

A nomeação superlua se dá porque a lua está mais próxima ao nosso planeta e, por isso, aparenta estar maior e mais brilhante.

Já o "de sangue" acontece porque o satélite natural deverá aparecer vermelho. A coloração é resultado da interposição da Terra entre ele e Sol. A Lua atravessará, então, a região de sombra que a Terra projeta no espaço ("abrigada" da luz do Sol), resultando na tonalidade.

Mas, onde entram os lobos nessa história? Bem, o fato tem a ver com algum tipo de registro dos nativos norte-americanos.

De acordo com explicação da Nasa, a primeira lua cheia de janeiro era chamada assim por povos da América do Norte, porque se imaginava que os lobos estavam uivando à distância para ela (na verdade, chamando o bando para a caça, ou seja, em busca de comida).

Olhando para o céu

Reações
Compartilhar
RELACIONADO:lua-Mulher

Mais conteúdo de interesse