null: nullpx
familia real britanica-Mulher

Na ONU, Harry homenageia jornada humanitária de Lady Di ao recordar foto com Nelson Mandela

O discurso do príncipe ressaltou a dedicação de sua mãe na luta pelos direitos humanos.
Publicado 19 Jul 2022 – 04:30 PM EDT | Atualizado 19 Jul 2022 – 04:30 PM EDT
Reações
Compartilhar
Príncipe Harry referencia Lady Di em discurso sobre Nelson Mandela. Crédito: Foto 1: TIMOTHY A. CLARY/AFP via Getty Images | Foto 2: ANNA ZIEMINSKI/AFP via Getty Images

Em tributo ao Dia de Nelson Mandela, príncipe Harry fez um discurso à Assembleia Geral da ONU em Nova York e relembrou os serviços prestados por sua mãe, a princesa Diana. O duque de Sussex referenciou o encontro entre Lady Di e Mandela em Cape Town, em 1997, quando a princesa de Gales conheceu o então presidente sulafricano.

Príncipe Harry homenageia Lady Di em discurso

Harry usou uma lembrança especial para homenagear sua mãe, a princesa Diana: ele recordou uma foto de Lady Di e Nelson Mandela, feita apenas cinco meses antes de sua morte. "Em minha parede, e em meu coração todos os dias, está uma imagem de minha mãe e Mandela em um encontro em Cape Town, em 1997".


A fotografia em questão foi dada à família pelo arcebispo Desmond Tutu, em 2019. "Quando eu olhei para essa foto pela primeira vez, o que saltou aos meus olhos foi a alegria no rosto de minha mãe, o carisma, até a ousadia; o puro prazer de estar em comunhão com outra alma tão comprometida com o serviço humanitário", descreveu Harry.

O príncipe ainda mencionou que o continente africano é onde se sente mais próximo de Diana, e que por isso concentrou grande parte de seus trabalhos sociais no local. "Desde que visitei a África pela primeira vez aos 13 anos, sempre encontrei esperança nesse continente. Tem sido um lugar onde encontro paz e cura (...). É onde me sinto mais próximo de minha mãe e onde encontrei consolo após sua morte".


Harry complementou que também foi na África onde teve certeza de que tinha encontrado o amor verdadeiro com Meghan. "Foi onde tive certeza que encontrei uma alma gêmea em minha esposa. E é por isso que grande parte do meu trabalho está baseado lá". Os dois fizeram uma viagem de cinco dias para Botsuana poucas semanas antes de começarem a namorar, e voltaram ao país em 2017.

Família real

Reações
Compartilhar

Mais conteúdo de interesse