Viúva se manifesta pela 1ª vez após morte de Pelé com fala sobre dor e gratidão: “História real de um amor único”

por | jan 30, 2023 | Notícias

Um mês após a morte de Pelé, Márcia Aóki, sua viúva, se pronunciou em uma carta aberta postada no perfil ainda mantido no Instagram do Rei do Futebol.

A empresária, aos 56 anos, falou sobre saudade, a cumplicidade que ambos tinham e ainda aproveitou para agradecer por todo o carinho recebido neste período de luto.

Homenagem da viúva de Pelé

Depois das filhas de Pelé, foi a vez de Márcia fazer sua homenagem publicamente. Ela reiterou que tem sido difícil se acostumar com a inerente dor da perda durante os pequenos feitos do seu cotidiano, antes compartilhado com Pelé.

Para ela, o amor vivido com o craque foi único e especial. Além disso, ela sente orgulho de quem ele foi e, atualmente, alívio por “compartilhar” os seus sentimentos com os milhares de fãs que ele deixou pelo mundo.

Leia abaixo íntegra:

“Dar adeus a quem amo e me acostumar a não ter mais ao meu lado a minha razão de vida, seu amor repleto de carinho, humor único e sua cumplicidade, levará tempo…

Queria uns minutos a mais de troca de olhares e alguns dias a mais para brincarmos com a nossa filhota, Cacau!

Me pego esperando você me dizer: ‘Márcia, amor, bom dia! Olha que lindo o mar hoje…’

Apesar de saber que este é um destino inevitável para todos nós, para mim, a constatação de que esse momento chegou é o sentimento de um espaço vazio, de ausência, que me pressiona o peito.

Mas há também um outro sentimento, o da forte gratidão por poder dividir a minha dor com o mundo inteiro. Recebemos milhões de mensagens de afeição e solidariedade, que encheram os nossos corações de conforto e paz.

Quero agradecer a todos os fãs que ainda prestam suas homenagens até agora. Também, ao Santos Futebol Clube e a cidade de Santos, que nos acolheu tão bem neste momento desafiador.

Didivir a vida com Edson foi viver uma história real de um amor único. Dividir o amor de Pelé com vocês, também. Este amor nunca morrerá e continuará entre nós. Eternamente.”

Despedidas