null: nullpx
ansiedade-Mulher

Pessoas ansiosas veem o mundo de forma diferente, mostra estudo

Publicado 17 Nov 2020 – 03:20 PM EST | Atualizado 17 Nov 2020 – 03:20 PM EST
Reações
Compartilhar

Não é uma questão apenas de “estado de espírito” ou pessimismo: pessoas ansiosas percebem o mundo de um jeito diferente por causa de variações no cérebro, segundo pesquisadores do Instituto Weizmann de Ciências, de Israel.

O conceito vai ao encontro de diversas outras evidências científicas que apontam que ]condições que afetam a saúde mental possuem raízes genéticas e fisiológicas.

Cérebro de pessoa ansiosa é diferente?

No caso de pessoas que sofrem de ansiedade crônica, a percepção diferente do mundo está relacionada com a plasticidade do cérebro ou sua capacidade de se reorganizar e formar conexões.

Como as mudanças no cérebro são responsáveis por indicar como uma pessoa percebe estímulos, foi notado pelo trabalho científico que eles são distinguidos de maneira menos clara por pessoas com diagnóstico de ansiedade crônica.

Pessoas ansiosas, segundo o estudo publicado em março de 2016 na revista Current Biology, têm menor capacidade de diferenciar estímulos "seguros" de estímulos ameaçadores.

Os pesquisadores descobriram que indivíduos que sofrem de ansiedade têm uma plasticidade do cérebro mais duradoura depois de uma experiência emocional (ou "estímulo") e, portanto, tendem a generalizar demais tais experiências, sejam elas ameaçadoras ou não.

Ansiedade: causas, sintomas e tratamentos

Reações
Compartilhar
RELACIONADO:ansiedade-Mulher

Mais conteúdo de interesse