Truques e dicas na hora de comprar roupas

por | jun 30, 2016 | Comportamento

Muitas mulheres passam horas no shopping experimentando uma porção de roupas que não servem, não caem bem ou não combinam com elas. Além de ser desgastante, isso acaba tomando um tempo muito grande e, muitas vezes, levando as consumidoras a comprarem peças que não são as ideais.

Leia também:

Como comprar roupas e calçados pela internet

Estampa de azulejo português é tendência do verão 2014. Saiba como usar

Estampa floral é tendência do verão

Usar alguns macetes na hora da compra ajuda a reduzir o tempo gasto e a ir direto na roupa certa. A consultora de estilo e imagem María Julia Costa dá as principais dicas:

Comprar roupas sem erro

– Experimente. “Não dá para comprar roupa sem provar. A gente sempre acha que nosso corpo está igual, mas ele muda rapidamente conforme engordamos, fazemos atividade física, etc. É preciso experimentar todas as peças”, afirma. Além disso, o estilo, textura e cor da roupa são características determinantes para que ela caia bem ou não em você, e só dá para descobrir isso depois de vesti-la.

– Numeração. Leve dois números da mesma peça ao provador. Se você veste número 40, pegue também um 38 ou 42.

– Complemente. Pense nas roupas que você já tem: o ideal é complementar seu acervo. “Se você compra uma peça que não combina com nada no seu guarda-roupa, será obrigada a comprar novas peças para usar com ela”, diz a consultora. Porém, se você gostou muito da roupa e quer levar, tenha em mente que o ciclo da moda é muito rápido, e que o que é tendência hoje, amanhã pode não ser mais. “Além disso, lembre-se que, quanto mais extravagante for o look, menos chances você terá de usá-lo”, completa María Julia.

– Combinação. Se você quer comprar uma sandália especificamente para usar com um vestido que já tem, leve-o ao shopping. “Você não precisa vesti-lo na hora, mas coloque-o ao lado do calçado para ver se eles combinam e pergunte a opinião da vendedora. Detalhes como textura, brilhos e pedraria na roupa determinam o estilo do sapato”, orienta a personal stylist.

– Mínimos detalhes. “Preste atenção na roupa como um todo, porque muitas vêm com defeito”, alerta.

Ao comprar calçados, especialmente coloridos ou estampados, certifique-se de que irão combinar com suas roupas (Thinkstock)

Roupas que valorizam o corpo

Vá direto nas peças certas: María Julia lista os cortes que valorizam cada tipo de corpo e os que devem ser evitados.

Dentre as roupas para mulheres acima do peso, são indicadas a manga ¾, que afina a cintura, camisas com botões, calça jeans flare (para quem tem o quadril largo), vestidos “envelope” e camisas soltinhas (mas não batas).

Mulheres magras devem evitar as batas com manga reta. Se você é alta, invista na calça jeans skinny, de preferência com a cintura alta, que cria a ilusão de quadris e cintura delineados. “A figura feminina harmoniosa tem os ombros na mesma largura do quadril e a cintura marcada”, afirma a especialista.

A dica de moda para meninas baixinhas é evitar o salto exageradamente alto. “Senão, ela não consegue andar de forma elegante”, avisa. Aposte na plataforma de altura média ou meia pata.

O blazer tradicional é uma peça que combina com qualquer tipo de corpo. O colete também é democrático e, apesar de pouco utilizado, faz milagres, segundo a consultora. “Ele pode ser usado com T-shirt ou camisa. Meninas gordinhas devem usar o modelo mais comprido, abaixo da barriga”, orienta.

Para quem gosta das calças pantalonas, veja dicas de como usar: