null: nullpx
gravidez-Mulher

Quem é a atleta que disputou uma prova com barrigão de 8 meses de gravidez?

Alysia Montaño fez história no atletismo por mostrar ao mundo do que as mulheres (grávidas!) são capazes
Publicado 15 Dez 2021 – 10:09 AM EST | Atualizado 1 Abr 2022 – 02:56 PM EDT
Reações
Compartilhar

A atleta Alysia Montaño sempre acreditou na equidade entre homens e mulheres. Hoje, ela é ativista e também tem o próprio podcast, mas sua fama começou muito antes e de forma bastante condizente com sua personalidade.

Em 2014, ela ficou conhecida por mais um episódio em que mostrava ao mundo do que mulheres (grávidas!) são capazes, dentro de um importante campeonato de atletismo nos Estados Unidos, onde até hoje mora com sua família. Conheça mais sobre a história dela:

Atleta grávida

Antes mesmo de escolher o atletismo para a sua vida, Alysia vivia no mundo dos esportes: já jogou futebol e participou de corridas em terrenos acidentados, o chamado "cross country".

No auge da sua primeira gravidez, ela já colecionava uma carreira admirável. Com seu profissionalismo e boa forma, Alysia já havia conquistado medalhas, títulos, recordes e até a participação nas Olimpíadas de Londres, em 2012.


Não havia motivos para ela não marcar presença no "USA Outdoor Track and Field Championships", em junho de 2014, ocorrido na Califórnia.

A atleta nunca se afastou do esporte, mesmo durante a gestação, mas planejou relaxar por um ano após o nascimento da bebê -- tudo combinado e alinhado com o seu médico.


E ela estava certa. Ao correr 800 metros em pouco mais de dois minutos, não decepcionou a si mesma e nem os fãs, além de ter ganhado uma maior notoriedade pelo seu rendimento.

“Sei que há muito estigma e, na verdade, a palavra é ignorância, por trás de mulheres grávidas e exercícios. A verdade é que é bom para a mãe e para o bebê", disse ela em entrevista à emissora CBA, do estado norte-americano, à epoca.

Ela ficou em último lugar, mas não que isso tenha sido sua prioridade. O exemplo de garra que deu foi mais importante e muito bem recebido por quem a assistiu, já que Alysia foi ovacionada e aplaudida em todas as suas voltas pelo estádio.

De fato, ser mãe e corredora ao mesmo tempo não é um problema para ela. Três anos depois, correu grávida pela segunda vez!

Outro ponto que caracteriza Alysia é a escolha de usar uma flor no cabelo enquanto corre, assim simboliza para o mundo o quanto mulheres também são fortes e capazes de feitos incríveis.


O que também não vai faltar é a emoção na hora de contar à filha mais velha que participou, com maestria, de uma corrida com ela, Linnea Dori, em sua barriga.

Mulheres inspiradoras

Reações
Compartilhar

Mais conteúdo de interesse