Banho no bebê todo dia pode causar problema de pele se for feito sem cuidados especiais

por | jun 30, 2016 | Gravidez e bebês

A pele do bebê é tão sensível que é até esperado que surjam brotoejas, bolinhas e outras alterações. Uma das mais comuns é a dermatite atópica, também chamada de eczema, que está intimamente relacionada com o ressecamento da pele. Em casos assim, o banho se torna uma preocupação especial, uma vez que a água pode desidratar a pele.

Dermatite atópica: o que é e como identificar? 

A dermatite atópica é um problema de pele que deixa certas partes do corpo avermelhadas, com formação de crostas e algumas feridinhas. Ela é muito comum nos bebês, que podem ficar com as bochechas mais ruborizadas ou com as dobrinhas machucadas.

Bebê com dermatite: cuidados no banho 

Quantidade de banho ideal 

Não se sabe exatamente a causa da dermatite atópica, mas acredita-se que ela está relacionada ao ressecamento da pele, por isso, a quantidade de banho pode interferir, desidratando-a ainda mais.

Alguns médicos recomendam que os pais não deem banho no bebê todos os dias, uma vez que a água pode desidratar a pele, piorando o problema. A prática pode parecer estranha para nós, brasileiros, mas é bem aceita em países mais frios e, nos dias de inverno, pode ser uma boa ideia por aqui também.

Mas um novo estudo, publicado no periódico científico Annals of Allergy, Asthma, & Immunology, diz que um banho por dia não causará problemas, ao contrário, ajudará a pele do bebê a ficar hidratada. No entanto, para que isso aconteça, é preciso tomar alguns cuidados.

shutterstock

Como proteger bebê de problema de pele

1 – Hidratação

O pesquisador Ivan Cardona, responsável pelo estudo, recomenda uma técnica chamada de “soak and smear” (algo como “molhar e esfreguar”, em tradução livre), que significa que quantidades generosas de hidratante devem ser aplicadas na pele do bebê logo após o banho. É importante que a loção seja aplicada imediatamente após o banho para “segurar” a hidratação da pele.

O ideal é que o hidratante seja recomendado por um dermatologista, profissional apto a diagnosticar o problema adequadamente e indicar o melhor produto para o caso. Além disso, hidratantes cosméticos, vendidos nas farmácias, podem não ser o suficiente para garantir o efeito.

2 – Água

É importante lembrar que a água quente desidrata ainda mais que o normal, por isso, certifique-se de que a temperatura esteja morna. Outro estudo, esse realizado por pesquisadores do King’s College London, na Inglaterra, descobriu que a água com grande depósito de minerais pode causar a dermatite atópica.

3 – Sabonete e produtos para banho

Para evitar o ressecamento da pele, evite sais, aromas, perfumes e outros produtos para banho. Use xampu e sabonete neutro ou de acordo com prescrição médica.

4 – Tempo de banho 

O banho do bebê não precisa ser demorado. Ele deve durar no máximo 10 minutos, impedindo que haja uma perda de hidratação excessiva.

5 – Enxugando o bebê 

Use toalhas macias e enxugue o bebê delicadamente, sem esfregar, apenas pressionando o tecido contra a pele. Essa etapa também precisa ser rápida para que o hidratante seja imediatamente aplicado.

Mais sobre o banho dos pequenos: precisa lavar o cabelo todo dia?