null: nullpx
chá-Mulher

Chá de hibisco é contraindicado na gravidez: pode causar reação perigosa

Publicado 4 Out 2017 – 06:00 AM EDT | Atualizado 2 Abr 2018 – 09:32 AM EDT
Reações
Compartilhar

O chá de hibisco é considerado um grande aliado de quem quer emagrecer e estimular o sistema urinário. Porém, como toda planta medicinal, apresenta contra-indicações e a principal delas é em relação à gestação.

Grávida não pode tomar chá de hibisco

O limite diário de consumo do chá de hibisco ainda não é um consenso devido aos seus ativos fitoterápicos.

Mas, o consumo em excesso pode trazer problemas para a saúde. Alguns estudos relacionam os componentes da infusão com os níveis de estrogênio e indicam que eles seriam capazes de causar um "efeito anticoncepcional natural" no organismo. 

É exatamente por este motivo que os especialistas contra-indicam a bebida durante a gestação. Como o hibisco interfere nos níveis de estrogênio do corpo da gestante, pode ser prejudicial ao desenvolvimento da gestação. “Seu consumo estimula o fluxo sanguíneo da região pélvica e do útero incentivando a menstruação e podendo provocar o aborto, principalmente no início da gestação”, ressalta Andrea Marim, nutricionista clínica e funcional especializada em fitoterápicos. 

Dessa forma, é muito importante que grávidas consultem um médico antes de consumir chás e outras bebidas, como refrigerantes naturais de hibisco.

Dieta na gestação

Reações
Compartilhar

Mais conteúdo de interesse