null: nullpx
brinquedos-Mulher

Zebra da filha some e pai viraliza com relato hilário da busca: "Desespero EXTREMO"

Publicado 7 Jan 2021 – 03:40 PM EST | Atualizado 7 Jan 2021 – 03:40 PM EST
Reações
Compartilhar

Um homem espanhol chamou recentemente atenção dos usuários do Twitter após compartilhar uma dramática - e bastante cômica! - história sobre sua filha e seu brinquedo preferido.

De uma forma bastante divertida, Iván Repila, da Espanha, relatou em detalhes a saga em busca de "Cebrit", uma zebrinha de pelúcia que Noa sempre carrega ao dormir. A história, é claro, divertiu uma série de internautas e fez com que muitos outros pais se identificassem.

Pai viraliza na internet

Iván começou o relato contando que sua filha tem um brinquedo bastante especial, do qual raramente se desgruda. "[Ele] não pode ser lavado ou perdido, porque ela precisa dele para dormir".

"Se não há Cebrit, nesta casa as pessoas choram e gritam até que o Cebrit apareça. A primeira regra do Cebrit é que ele nunca está por perto. A segunda regra é que ele está sempre mais perto do que você pensa", introduziu a história.

Contudo, certo dia, os pais da pequena foram pegos de surpresa ao perceberem que o brinquedo havia desaparecido.

"Notamos ao meio-dia, quando Noa estava tirando uma soneca. Não demos muita importância, porque ele sempre aparece, mas estávamos todos nervosos", conta.

"À medida que a tarde avançava, minha esposa e eu, cada vez mais tensos, passávamos um tempo procurando Cebrit pela casa. Mas ele não estava em nenhum dos lugares habituais. Para aumentar a tensão, descobri que minha sogra estava fazendo uma limpeza geral esta manhã. Ele até saiu para doar livros. Claro, a sombra de Cebrit em um contêiner por engano pairou sobre nós".

Com medo de perder para sempre o brinquedo da filha, o espanhol e sua esposa enviaram uma mensagem via WhatsApp para a avó de Noa que, por sua vez, abandonou suas tarefas na mesma hora.

"A tensão em casa era óbvia. A menina não sabia o que, mas sabia que algo sério estava acontecendo. Para evitar que ela se lembrasse de Cebrit, usamos a palavra-chave 'o inominável' na frente dela o tempo todo", relatou Iván.

"Faltavam duas horas para 'A Hora de Cebrit'. A partir daí, os três como selvagens... O caos. Levantamos colchas, colchões, estrados de cama. Tapetes, caixas, quadros. Revisei o lixo orgânico, o de plástico, o de papelão. Olhamos a máquina de lavar, os armários, a geladeira. Era tudo a mesma mer**. [...] Minha sogra, num ato de DESESPERO EXTREMO, foi ao local onde havia doado os livros perguntar se uma zebra havia sido deixada lá".

Mesmo com a força-tarefa em busca de Cebrit, foi inevitável: a hora de Noa dormir chegou e, com isso, sua mãe precisou explicar que ela precisaria dormir sozinha, já que "a zebra tinha saído de férias".

"Minha esposa chorando no meio de tudo isso, é lógico. Noa começa a entender a dimensão da tragédia. Começamos a tirar a roupa dela. Minha esposa e eu soluçando discretamente, olhando um para o outro, imaginando em qual recipiente, em qual saco de lixo, onde havíamos falhado", continuou o pai.

"A menina começa a gritar 'Eita, Eita', como todas as noites. Nós desmoronamos. Mas a segunda regra do Cebrit, como já disse, é que o Cebrit está sempre mais perto do que você pensa. E ali, na cama, em uma casa literalmente devastada por um furacão de caçadores de zebras, a garota de fraldas e lágrimas contida, pegamos o pijama que ela vai usar dormir, pela primeira vez, sem Cebrit. E ao virar o pijama do avesso... Preso na manga ... Um pijama que todos nós tínhamos nas mãos umas trezentas vezes durante a busca ... NA PORR* DA MANGA DO PIJAMA ... Lá estava Cebrit".

Após o desfecho cheio de emoções da história, Iván completou seu relato contando que Noa, por fim, dormiu pacificamente em seu berço, "acompanhada daquela boneca tão suja que só tem listras pretas e listras muito pretas". Ele, por sua vez, terminou sua noite com uma merecida taça de vinho.

Histórias que viralizaram

Reações
Compartilhar
RELACIONADO:brinquedos-Mulher

Mais conteúdo de interesse