null: nullpx
descoberta da nasa-Mulher

NASA revela o som de um buraco negro com técnica inédita: ouça áudio!

Agência espacial usou uma tecnologia para sintetizar as ondas em sons compreensíveis ao ouvido humano e resultado impressiona
Publicado 9 Mai 2022 – 05:12 PM EDT | Atualizado 10 Mai 2022 – 08:45 AM EDT
Reações
Compartilhar
Buraco negro "canta" em meio às galáxias de Perseu. Crédito: NASA / Reprodução

Os sons "cantados" por buracos negros dentro do aglomerado de Perseu e da galáxia M87 foram captados e divulgados pela agência espacial NASA. O feito marcante nos dá uma "percepção sonora" do espaço, após o processo de "sonificação", que mapeia as ondas emitidas pelos objetos espaciais, serem traduzidos em frequências sonoras audíveis aos ouvidos humanos.

NASA capta sons de buracos negros


A aglomeração de galáxias Perseu é associada a descoberta de sons no espaço desde 2003. Astrônomos descobriram que as ondas de pressão enviadas por um buraco negro, localizado dentro do aglomerado, causam sons em contato com o gás quente da atmosfera local. O mesmo foi observado na galáxia M87.

Antes, esses sons formavam notas inaudíveis aos seres humanos. A partir do processo chamado pela agência de "sonificação", tornou-se possível uma "tradução musical" que seja compreensível aos nossos ouvidos.

Os novos sons foram captados no sonar do telescópio Chandra X-Ray, que faz parte dos conjuntos de observatórios da NASA. As ondas sonoras foram extraídas em direção radial, de fora para o centro, e resintetizadas para a escala de audição humana.

O resultado desse escaneamento foi uma imagem sonar das ondas emitidas. Mesmo em diferentes direções, juntas, elas comportam alguns dos sons captados dentro do aglomerado de galáxias. Confira a captação de sons em Perseu no vídeo a seguir.

Mito de que não há som no espaço é refutado novamente

Com a nova descoberta, mais argumentos contrariam a crença popular de que não há som no espaço.

Muitos acreditam que o vácuo entre as galáxias não abre "meio" para a propagação de ondas sonoras. Porém, com as descobertas no aglomerado Perseu, que contam com quantidades copiosas de gás que envelopam várias galáxias entre si, o meio para as ondas de som se propagarem é criado.

Mais sonificações astronômicas são publicadas pelo observatório Chandra no site "A Universe of Sound".

Descobertas do espaço

Reações
Compartilhar