Bebê resgatada em escombros na Turquia ganhou nome que significa “sinal de Deus”

por | fev 10, 2023 | Notícias

Após terremotos de magnitude entre 7.6 e 7.7 atingirem parte da Turquia na última segunda-feira (6), uma recém-nascida surpreendeu o mundo ao ser resgatada com vida dos escombros.

No hospital, a saúde da pequena foi estabilizada – e, agora, a história ganha um novo capítulo. Batizada com um nome inspirador, ela será adotada pelo tio-avô, tudo em meio a, literalmente, milhares de pedidos de adoção.

Recém-nascida que comoveu o mundo recebeu milhares de pedidos de adoção

Pequena foi resgatada ainda ligada à mãe pelo cordão umbilical
RAMI AL SAYED/Getty Images

Levada a um hospital na cidade de Afrin, na Síria, após ser resgatada nos escombros dos terremotos que atingiram a Turquia recentemente, a recém-nascida que comoveu o mundo não está mais sozinha.

Agora, a pequena tem nome – Aya, que significa “um sinal de Deus” em árabe – e, segundo informações veiculadas tanto pela BBC quanto pelo principal jornal australiano, o “ The Sydney Morning Herald”, será adotada pelo tio-avô.

Ele, no entanto, não foi o único candidato à adoção. Isso porque, ao tomar conhecimento da história da bebê, que foi encontrada ainda ligada à mãe pelo cordão umbilical e não tem mais parentes próximos vivos devido à tragédia, milhares de pessoas se candidataram a adotá-la.

Recém-nascida resgatada de escombros na Turquia foi batizada de Aya
RAMI AL SAYE/Getty Images

De acordo com a BBC, até mesmo um âncora de televisão do Kuwait se prontificou a ficar com a bebê, afirmando que estaria “pronto para tomar conta e adotar esta criança” desde que os “procedimentos legais permitissem”.

Segundo o diretor do hospital em que Aya está internada, Khalid Attiah, ele pessoalmente recebeu dezenas de ligações de pessoas de todo o mundo manifestando vontade de torná-la parte da família.

Os pedidos, no entanto, foram negados pelo diretor, que optou por esperar o retorno de familiares de Aya, também afetados pelo terremoto. Até que possa ir para a casa do tio-avô, Salah-al-Badran, a esposa de Attiah (que tem uma filha de quatro meses) a está amamentando. “Estou tratando-a como uma filha minha”, disse ele.

Terremotos na Turquia foram os mais devastadores em décadas
YASIN AKGUL/Getty Images

Terremoto na Turquia