null: nullpx
tecnologia-Mulher

Fique de olho nas faturas digitais! Novo golpe rouba dados financeiros das vítimas

Saiba como se prevenir do truque, que tem usado nomes de operadoras de telefonia.
Publicado 26 Jul 2022 – 04:32 PM EDT | Atualizado 26 Jul 2022 – 04:32 PM EDT
Reações
Compartilhar
Golpes por e-mail são comuns e podem afetar a segurança de seu computador. Crédito: humonia/Getty Images/iStockphoto

Fique atento: um novo golpe digital está no ar. O esquema consiste em uma fatura falsa de operadora de telefonia móvel que, ao fingir uma emergência com seus pagamentos, pode roubar seus dados bancários.

O alerta da modalidade mais recente de crime virtual foi feito pela empresa de segurança cibernética ESET na última segunda-feira (25). Saiba como se prevenir dessa estratégia de roubo de informações.

Golpe da fatura falsa

O novo golpe da fatura é uma campanha maliciosa que utiliza alertas falsos de cobranças bancárias para roubar dados financeiros de suas vítimas. O esquema funciona da seguinte forma:


  • Os criminosos alteram o remetente do e-mail, se passando por um suposto endereço oficial da operadora;
  • Com design semelhante ao da operadora, a mensagem cita uma cobrança de urgência, avisando que a mesma vence no mesmo dia;
  • A seguir, a mensagem inclui um site fraudulento para baixar a fatura falsa;
  • O arquivo em formato zip, cujo download seria feito para suposto pagamento da "dívida", possui um trojan bancário chamado Grandoeiro, que será instalado no dispositivo e entrará em ação para roubo de dados.

Ao baixar o arquivo e executá-lo, o destinatário seria atingido pelo vírus, cuja principal missão é buscar por dados financeiros de serviços e sites acessados pelo navegador no dispositivo.

Como se proteger de golpes por e-mail?


Para garantir sua segurança diante golpes como esse, é necessário conhecer alguns fundamentos do e-mail marketing e das medidas de segurança adotadas por essas e outras empresas no envio de cobranças on-line.

A recomendação da ESET, que se aplica a esse e outros tipos de golpes virtuais, é de que "todos os usuários validem as informações com a operadora através de seus canais oficiais". No caso das companhias de telefonia móvel, vale conferir se o e-mail se refere a uma empresa com que você realmente tenha um contrato válido e checar pelos contatos da empresa sobre a suposta cobrança antes de clicar em qualquer link no corpo do e-mail.

Em geral, as operadoras não costumam enviar arquivos em formato zip para esse tipo de cobrança. Preste atenção no tipo de notificação que receber e por via das dúvidas, não efetue o download.

Também é essencial prestar atenção ao remetente da mensagem. Para fazê-lo, basta passar o mouse por cima do botão de acesso, sem clicar, para verificar o domínio do e-mail. A informação sobre os canais oficiais geralmente estão expostas nos sites oficiais das empresas, portanto, basta conferir se o endereço de e-mail bate com um endereço real.

Tecnologia

Reações
Compartilhar

Mais conteúdo de interesse