Tatá diz que sentiu muita culpa na gravidez: “Eu achava que eu não podia reclamar”

por | jul 3, 2020 | Gravidez e bebês

Tatá Werneck foi uma das convidadas para participar de um bate-papo no canal de Thais Fersoza, no YouTube. No vídeo, as famosas falaram sobre alguns aspectos da maternidade, e a esposa de Rafael Vitti chegou a comentar sobre um sentimento de culpa que a afetou durante a gravidez. Entenda:

Tatá Werneck fala sobre a gravidez

Questionada por Fersoza sobre como havia se sentido durante a gestação, Tatá revelou que sofreu com um sentimento de culpa por não ter curtido tanto a gravidez como ela imaginou que fosse curtir.

Além disso, ela falou que mesmo enfrentando algumas complicações neste período, como a hiperêmese gravídica e a urticária, não se sentia no direito de reclamar porque ela desejou muito a gestação.

“Eu me sentia muito culpada porque eu sempre recebi uma visão muito romântica da gravidez, então eu achava que eu não podia reclamar de estar grávida, porque eu também quis muito engravidar, eu tentei por muito tempo. Mas como a minha gravidez estava muito difícil, eu me sentia culpada por não estar curtindo como eu achei que fosse curtir (…) Mas depois que minha deusa nasceu, eu passei uma semana chorando, pedindo desculpas, agradecendo”, afirmou a humorista e apresentadora.

Ainda na entrevista, Tatá Werneck revelou que, logo após o nascimento da filha, passou a sentir muito medo, desenvolveu uma fobia e ficou superprotetora com a garotinha, o que se agravou durante a quarentena devido à pandemia do novo coronavírus.

“Eu fiquei superprotetora com ela, ficava colocando os dedos no nariz dela para ver se ela estava respirando e, quando entrou a pandemia, eu fiquei com muito mais medo (…) Não fiquei triste, fiquei fóbica, com fobia de tudo, muita angústia de imaginar que não posso protegê-la nesse momento”, disse.

Assista ao vídeo na íntegra:

mini:

Filha de Tatá Werneck e Rafael Vitti