null: nullpx
empoderamento feminino-Mulher

Eliana elenca comentários maldosos e faz reflexão sobre etarismo: "Direito de envelhecer"

Aos 48 anos, ela usou o seu perfil no Instagram para fazer uma importante reflexão sobre o preconceito baseado na idade
Publicado 8 Jun 2022 – 11:00 AM EDT | Atualizado 8 Jun 2022 – 11:00 AM EDT
Reações
Compartilhar


Aos 48 anos, Eliana usou o seu perfil no Instagram para fazer uma importante reflexão sobre o preconceito baseado na idade das pessoas, também conhecido como etarismo. No vídeo, ela elenca comentários maldosos que as pessoas costumam dizer para mulheres mais velhas, sendo um deles considerado um elogio.

Nos comentários, ela recebeu apoio e agradecimentos das seguidoras por sua postura. Veja!

Eliana faz reflexão sobre etarismo


"Pra quem ainda não conhece, 'etarismo' é quando uma pessoa julga, zomba ou duvida da capacidade de outra simplesmente por conta da sua idade. Esse tipo de preconceito muitas vezes é tolerado no dia a dia devido à falta de informação que as pessoas possuem sobre ele", escreveu a apresentadora logo no início da legenda de seu post.

No vídeo, ela elencou algumas falas que podem ser consideradas preconceituosos como: "Você até que é bonita pra sua idade", "você não tem idade para usar isso", "Você tá muito velha pra ser mãe" e "Solteira nessa idade? Vai ficar pra titia".

Ela ainda reforçou que é comum mesmo surgirem algumas dificuldades com a passagem dos anos. "Mas toda pessoa tem o direito de envelhecer sem precisar ouvir comentários maldosos", completou.


Para Eliana, ficar mais velha é também a oportunidade amadurecer, ficar mais sábia e segura. "Então… vamos focar nos discursos que elevam a autoestima? Lembrando que todo mundo vai envelhecer um dia. Quem não envelhece morre cedo. Viva a vida!", concluiu.

Nos comentários, muita gente elogiou a postura da apresentadora. "Só mesmo uma mulher maravilhosa segura de si seria capaz de ajuda outras mulheres a terem autoestima", escreveu uma seguidora. "Melhor mensagem do dia", afirmou outra.

Assista ao vídeo abaixo:

Empoderamento

Reações
Compartilhar

Mais conteúdo de interesse